Acompanhe nas redes sociais:

19 de Outubro de 2018

Só no site :: Alagoas

02/02/2018 - 14:37:58

Baixinho Boiadeiro denuncia esquema de desvio de dinheiro

"Meu pai foi morto por R$ 200 mil", diz filho de Neguinho Boiadeiro

Redação
Foto: Divulgação

Foragido da Justiça desde novembro do ano passado, José Márcio Cavalcante de Melo, o Baixinho Boiadeiro, postou nesta sexta-feira, 2, um vídeo no Youtube para dar sua versão sobre a acusação de ter atirado contra o agropecuarista José Emílio Dantas.

O fato aconteceu no dia 9 de novembro, momentos depois do pai de Baixinho, o vereador de Batalha, Adelmo Rodrigues de Melo, o "Neguinho Boiadeiro", ser executado a tiros em frente à Câmara Municipal.

Durante desabafo, Baixinho disse também que “a cabeça de Neguinho Boiadeiro valia R$ 200 mil” e reafirmou que tem certeza que a Família Dantas está envolvida na execução. 

Leia mais

Execução de Neguinho Boiadeiro completa dois meses 

Filha de Boiadeiro irá denunciar desvios na Assembleia 

Falou ainda que "está à disposição da juíza desde que tenha permissão para sair de Batalha por temer pela própria vida". Sobre a acusação de ter atirado contra o agropecuarista, Baixinho afirmou ser o contrário. "Ele que veio metendo bala em minha direção". 

Assembleia

Baixinho falou ainda o suposto motivo da morte de Neguinho: uma lista de fantasmas na Assembleia Legislativa (ALE). "Dezessete pessoas recebiam de R$ 12 mil a R$ 17 mil em suas contas, mas sacavam R$ 300", contou. O resto ficaria com a Família Dantas. 

Em conversa com o presidente da ALE, Luiz Dantas informou que irá entrar com processo referente às acusações e que Baixinho Boiadeiro terá que comprovar a denúncia. "Está fazendo isso para destoar as investigações", finalizou o deputado estadual.

Assista na íntegra

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia