Acompanhe nas redes sociais:

19 de Novembro de 2018

Sururu

07/09/2018 - 08:44:59

A mãe do candidato

Rodrigo Cunha não precisa usar a morte da mãe como trampolim para chegar ao Senado

Redação
Foto: Divulgação

O deputado Rodrigo Cunha já deu provas de seriedade à frente dos cargos públicos que exerceu e agora também como parlamentar. Por isso não precisa usar a morte da mãe como trampolim para chegar ao Senado. 

O candidato deve mostrar que é diferente de seus adversários com propostas novas e viáveis para Alagoas e se afirmar como político que tem luz própria para caminhar sem muletas. 

Por mais trágica que tenha sido a morte da deputada Ceci Cunha, usar a tragédia como apelo eleitoral não condiz com quem se apresenta com discurso da modernidade. 

Para enfrentar a velha política alagoana com seus vícios e deformações, também não basta só ter ficha limpa nem romper com tudo e todos. Candidato a cargo majoritário precisa de alianças partidárias e um amplo arco de apoios, mesmo que se tenha de dividir palanque com certas elites do atraso. 

No anacrônico sistema político ainda em vigor no país, nenhum candidato, sozinho, vai a lugar algum. Muito menos sem dinheiro nem discurso convincente, capaz de seduzir o eleitorado. Desconhecer essa realidade é marchar em aventura quixotesca.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia