Acompanhe nas redes sociais:

16 de Dezembro de 2018

Sururu

08/06/2018 - 11:37:31

As chances de Rodrigo Cunha

Ter o nome limpo não garante a vitória de nenhum candidato

Redação
Foto: Divulgação

Dos cinco candidatos ao Senado com chances de vitória (Renan, Biu, Rodrigo Cunha, Marx Beltrão e Mauricio Quintella), Rodrigo Cunha é o único que pode ostentar o título de ficha-limpa. Os demais – uns menos e outros mais - já se envolveram em processos que atentam contra a moralidade no serviço público.

Ter o nome limpo, no entanto, não garante a vitória de nenhum candidato, até mesmo porque as lições da Lava Jato devem passar ao largo dos grotões de Alagoas, ainda dominados pelos “donos” desses curais eleitorais.

Em disputa majoritária não se compra voto direto da fonte, mas através do prefeito, do vereador e demais lideranças eleitorais, sempre dispostas a manipular o eleitor. E aí o que vale é o dinheiro, não o discurso do candidato. 

Por mais ficha-limpa que se seja, o candidato majoritário precisa de muito dinheiro e amplas alianças, e não pode se dar ao luxo de escolher apoio político ou discriminar aliados.  

Em tais circunstâncias, ou se entra no submundo da politicalha, aliando-se a todo tipo de gente, ou se vai colher a derrota anunciada. É assim que funciona a politicagem nacional.

Na definição do jornalista Ricardo Mota, o deputado Rodrigo Cunha é um “cavaleiro solitário” dentro de seu próprio ninho tucano. A lutar sozinho contra os moinhos de vento da política alagoana, o deputado tucano tem tudo para fazer uma campanha quixotesca, sem ninguém sequer para ser o seu Sancho Pança.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia