Acompanhe nas redes sociais:

16 de Agosto de 2018

Sururu

11/02/2018 - 07:56:20

Taturanas na cadeia

Cícero Almeida e Paulão integraram máfia que desviou milhões do erário

Redação
Foto: Divulgação

Se forem condenados no STF, os deputados federais Cícero Almeida e Paulão estarão fora da eleição de outubro e ainda pegarão 12 anos de cadeia. 

Os dois integraram a chamada máfia da Assembleia, que desviou R$ 254 milhões dos cofres públicos.

A dupla – já condenada pelo TJ-AL – foi denunciada ao Supremo pela Procuradoria-Geral da República no último dia 1º. Além de prisão, a PGR pediu pagamento de multa e devolução dos recursos surrupiados da Assembleia Legislativa de Alagoas. 

Além de condenado pelo histórico roubo na Assembleia junto com outros “taturanas”, Cícero Almeida também é acusado de chefiar a máfia do lixo, que teria desviado mais de R$ 200 milhões da Prefeitura de Maceió.

Diz o provérbio português que o “cesteiro que faz um cesto, faz um cento, e tendo cipó e tempo, faz dois centos”. É o que parece ter acontecido com Cícero Almeida. Como prefeito afundou no lixo de Maceió e como deputado estadual lambuzou-se nas gordas verbas da Assembleia.

Como deputado federal, Almeida teve tempo, mas lhe faltou cipó. A duras penas sobrevive hoje com R$ 40 mil por mês do cotão parlamentar mais R$ 35 mil de subsídio. Insatisfeito com o miserê na Câmara Federal, Ciço agora quer voltar para a bonança no Legislativo estadual. Com a palavra os seus eleitores.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia