Alagoas, 15 de agosto de 2022 23º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
NOVO DESEMBARGADOR

Pressão do ministro Humberto Martins esbarra na firmeza do governador

Redação

16/07/2022 09h09

Paulo Dantas e Fábio Ferrario
InstagramPaulo Dantas e Fábio Ferrario

O governador Paulo Dantas agiu rápido ao escolher o advogado Fábio Ferrário para o cargo de desembargador do Tribunal de Justiça de Alagoas e assim evitar pressão externa e desgaste político em meio à guerra eleitoral. A urgência foi tanta que o anúncio foi feito perto da meia-noite da sexta-feira (14), poucas horas após receber a lista tríplice enviada pelo TJAL.

O motivo de tanta pressa foi escapar do ministro Humberto Martins, do STJ, que tumultuou o processo de escolha do novo desembargador ao impor dois apadrinhados na lista tríplice. Após coagir os membros do TJ, Martins conseguiu incluir na lista seus ex-assessores Eduardo Lopes e Alberto Maya, que ficaram em quarto e sexto lugares na lista sêxtupla da OAB.

Sob pressão e ameaças do ministro Martins, os desembargadores do TJ sequer consideraram a presença de duas advogadas na listra sêxtupla e perderam a chance de escolher uma delas pelo princípio da paridade de gênero, o que caracteriza a condição machista do tribunal.

Ao escolher Fábio Ferrário para desembargador, o governador Paulo Dantas certamente optou pelo mais competente, como também manteve a prática de nomear o candidato mais votado pela categoria. Diferente dos fracos membros do TJ, Paulo Dantas agiu com firmeza, deu um chega pra lá nas investidas do presidente do STJ e restabeleceu a normalidade do processo.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade