Alagoas, 19 de setembro de 2021 23º min 28º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
NO SUFOCO

Crise chega às TVs e aumenta versões sobre venda da TV Pajuçara

Redação

28/08/2021 08h08 - Atualizado em 28/08/2021 09h09

Mercado fala que donos do grupo de comunicação da TV Pajuçara estariam se desfazendo do negócio
ReproduçãoMercado fala que donos do grupo de comunicação da TV Pajuçara estariam se desfazendo do negócio

A política de contenção de despesa com demissão de trabalhadores que culminou com a saída do jornalista Ricardo Mota, seguida da venda da Rádio Pajuçara FM Arapiraca, fezeram aumentar as versões de que os donos do grupo de comunicação da TV Pajuçara (TV, rádios e portal de notícias) estariam se desfazendo do negócio.

Criada há quase 30 anos por empresários e políticos tucanos para defender os interesses dos usineiros, a empresa se estruturou no Governo Téo Vilela e se consolidou com o apoio da cooperativa dos produtores de açúcar, capitaneada por João Tenório.

Atualmente afiliada da Rede Record, a TV Pajuçara sempre garantiu o 2º lugar em audiência e faturamento, só perdendo para a TV Gazeta, que até hoje é líder no estado. Mas nessas últimas décadas surgiram novos canais de TV, acabou o Governo Téo Vilela, a cooperativa dos usineiros faliu junto com várias usinas, o mercado encolheu e os custos subiram.

O ex-governador tucano Téo Vilela saiu de cena e se aposentou da política, a maioria das usinas quebrou e alguns usineiros se mandaram para a Europa, deixando para trás dívidas bilionárias e um rastro de terra arrasada. Para fechar o ciclo, o PSDB se esfarelou e os tucanos estão abandonando o partido em busca da sobrevivência política em outras siglas.

A primeira emissora a capitular foi a TV Alagoas, da família do então vice-governador Geraldo Sampaio, vendida para o grupo cearense dono do plano de saúde Hapvida, hoje com o nome de TV Ponta Verde. A crise também pegou todos os canais locais de TV fechada, que sobrevivem de contratos com igrejas evangélicas, sem qualquer produção local.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade