Alagoas, 24 de outubro de 2021 25º min 30º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
XADREZ POLÍTICO

Vitória de Arthur Lira provoca reorganização de grupos políticos

Alagoano foi eleito novo presidente da Câmara dos Deputados

Redação

05/02/2021 08h08 - Atualizado em 05/02/2021 08h08 - Edição 1105

O deputado Arthur Lira
Câmara dos DeputadosO deputado Arthur Lira

A eleição de Arthur Lira para presidente da Câmara Federal vai mexer no xadrez político alagoano e provocar uma reorganização dos grupos políticos locais para o pleito de 2022. Assim como no jogo de xadrez, na política vence quem tem obstinação e melhor estratégia no manejo de todas as peças do tabuleiro. Ao subjugar o adversário na guerra pelo comando da Câmara, Lira provou ser obstinado e um bom jogador. 

Seu próximo desafio é desmantelar o xadrez político montado pelos Calheiros em Alagoas aos longos dos anos e criar as bases para consolidar seu projeto de poder já nas eleições majoritárias do próximo ano. Renan Filho, Fernando Collor, Marcelo Victor, JHC, Rodrigo Cunha e Ronaldo Lessa são as principais peças do tabuleiro político onde Arthur Lira realizará sua maior jogada. E vai precisar de muito jogo de cintura para contrariar aliados e acomodar os interesses de cada um.

Tendo Marcelo Victor como principal aliado e ponta de lança de seu projeto político, Lira já começou a costurar as alianças para tentar eleger governador e senador, além de deputados. Em caso de vitória, desbancará o clã de Murici e assumirá o papel de novo líder político de Alagoas pelos próximos anos. Mas antes do xeque-mate Arthur Lira precisa estudar o momento certo para manejar cada peça do tabuleiro. Assim como o xadrez, a política exige sacrifícios para conseguir a vitória sobre o rei a ser abatido.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade