Alagoas, 27 de outubro de 2020 24º min 29º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
A HISTÓRIA SE REPETE

Arapiraca volta a ser palco de novo racha político 30 anos depois

Nas eleições de 1990, a cidade foi cenário de dissidência política

Redação

19/09/2020 13h01 - Atualizado em 19/09/2020 13h01

Renan Calheiros, Luciano Barbosa e Renan Filho
DivulgaçãoRenan Calheiros, Luciano Barbosa e Renan Filho

Nas eleições de 1990, Arapiraca foi palco de uma dissidência política entre o governador Moacir Andrade e Renan Calheiros, candidato à sucessão estadual.

Para conquistar os eleitores do segundo maior colégio eleitoral do Estado, Renan escolheu o ex-prefeito de Arapiraca Severino Leão como seu vice, mas cometeu o erro político de não consultar Moacir Andrade.

Sentindo-se subestimado, o governador rompeu com Calheiros, declarou apoio à candidatura de Geraldo Bulhões, indicou Francisco Mello como vice de GB e Renan perdeu a eleição.

Exatos 30 anos depois a história se repete no mesmo palco do Agreste tendo Renan e seu filho-governador como protagonistas de uma cisão com o vice-governador, de conseqüências imprevisíveis.

Ontem como hoje, Renan não mediu os estragos políticos ao subestimar o poder de fogo de um aliado vaidoso, ferido e encurralado. E o que poderia ser resolvido com diálogo, virou questão de honra.

Vale lembrar também a participação de Fernando Collor nos episódios de 1990 e de hoje. Na condição de Presidente República, Collor avalizou o racha entre Moacir e Renan, seu então líder no Congresso.

Agora senador, Collor atua nos bastidores e acena com apoio ao vice-governador rebelde Luciano Barbosa na luta contra Renan-pai e Renan-filho.

O resultado desse novo embate político só o tempo dirá.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade