Alagoas, 20 de setembro de 2020 22º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
Última palavra

Futuro político de Luciano Barbosa está nas mãos de Renan Filho

Governador irá decidir se vice irá disputar Prefeitura de Arapiraca

Redação

04/09/2020 08h08

Vice-governador Luciano Barbosa
Agência BrasilVice-governador Luciano Barbosa

Luciano Barbosa é quem manda no MDB de Arapiraca, mas quem manda no vice-governador é o governador. Renan Filho é quem definirá o candidato do partido em Arapiraca e o fará atendendo aos seus interesses políticos para 2022. O resto é lero-lero. 

O sucesso do projeto político de Renan Filho para chegar ao Senado passa, necessariamente, pela vitória de seus candidatos nas eleições de novembro em Maceió e Arapiraca. O governador também precisa resolver outro gargalo político nada fácil: negociar com a Assembleia o cobiçado cargo vitalício de conselheiro do Tribunal de Contas, na vaga do ex-deputado Cícero Amélio. 

Sem um nome confiável para lhe suceder no governo e sem um aliado no TC para julgar suas contas, Renan Filho corre o risco de uma derrota no pleito de 2022, quando disputará com Fernando Collor a única vaga de senador. 

Por isso o governador precisa eleger os candidatos do MDB na capital e em Arapiraca, e manter Luciano Barbosa no cargo de vice-governador. É uma tarefa e tanto. 

Com a morte de Rogério Teófilo, o MDB tem chances reais de vitória em Arapiraca desde que marche unido em novembro próximo. Ao governador não interessa a vitória de Luciano e muito menos a derrota de Ricardo Nezinho. 

O gargalo maior é administrar vaidades e acomodar interesses pessoais que, não raro, estão acima dos interesses partidários.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade