Alagoas, 12 de julho de 2020 23º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
ELEIÇÕES

Poucos candidatos terão condições de tocar campanha estruturada

Programas de governo ilusórios e retórica não enganam mais o eleitor

Redação

19/06/2020 10h10 - Atualizado em 26/06/2020 08h08

Eleições municipais
DivulgaçãoEleições municipais

Por todos os ângulos que se analise, a eleição municipal de 2020 será um pleito incomum, não só pela crise econômica, mas sobretudo pela pandemia que afeta a todos.

Além do desgaste moral dos gestores públicos, os candidatos a prefeito e vereador enfrentarão um eleitor estressado pela pandemia e raivoso pela falta de emprego e dificuldade de sobrevivência.

Nesse clima de guerra, poucos candidatos terão condições de tocar uma campanha minimamente estruturada, capaz de fazer sua mensagem chegar ao eleitorado. E mais difícil, convencer o eleitor.

Em meio ao clima de ansiedade que tomou conta da população, o pleito municipal será mais um fator de revolta a ser enfrentado pelos candidatos.

Nessas circunstâncias serão beneficiados os candidatos que buscam a reeleição porque têm uma base assistencialista-eleitoreira e o poder da caneta azul. Os demais precisarão de um bom discurso e muito dinheiro para convencer os eleitores.

Programas de governo ilusórios, promessas vazias e retórica não enganam mais o eleitor. Mais ainda se o candidato for ficha-suja ou notório vendedor de ilusões. E desses exemplares temos muitos por aí.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade