Alagoas, 05 de junho de 2020 25º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
Novo chefe do MP

Márcio Tenório assume cargo prometendo enfrentar crime organizado

A bandidagem do colarinho branco atua à sombra do poder

Redação

01/05/2020 07h07 - Atualizado em 01/05/2020 11h11

Márcio Roberto Tenório é o novo procurador-geral de Justiça
DivulgaçãoMárcio Roberto Tenório é o novo procurador-geral de Justiça

O promotor Márcio Roberto Tenório assumiu a chefia do Ministério Público de Alagoas prometendo enfrentar o crime organizado, a bandidagem do colarinho branco e outras quadrilhas que atuam à sombra do poder para saquear os cofres públicos.

Ao dar ênfase ao combate às organizações criminosas incrustadas no estado e municípios, o novo procurador-geral de Justiça manda um recado aos gestores públicos desonestos que “minam com força descomunal a ordem pública e o erário e atingem o povo já tão sofrido e saturado”.Com algumas décadas de experiência no combate a essas células cancerosas que corroem o organismo social, Márcio Roberto sabe do que está falando e tem consciência da batalha que o espera nessa luta interminável contra a corrupção e a improbidade administrativa.

Se em épocas normais o combate à corrupção tem sido intenso, é de se supor que em tempos de pandemia e afrouxamento das regras de controle a batalha será redobrada. Mas para quem desarticulou a temida Gangue Fardada e participou das investigações da Operação Taturana o desafio de agora não será dos piores.

Vale lembrar que a dispensa de licitações em contratos de serviços e compra de equipamentos destinados ao enfrentamento do Coronavírus fará a festa de gestores públicos ávidos por enriquecimento ilícito. E muitos deles, que sempre apostam na impunidade, já estão gastando por conta da farra que esperam fazer com dinheiro do povo.

E que Deus ajude Alagoas.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade