Alagoas, 27 de fevereiro de 2020 26º min 30º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
fraude processual

Caso do advogado Fernando Cabral pode sofrer reviravolta

O alerta é do advogado Eraldo Lino Moreira, defensor de um dos acusados

Redação

14/02/2020 11h11

O advogado Sinval José Alves é apontado como mandante do crime
Bruno FernandesO advogado Sinval José Alves é apontado como mandante do crime

Com réus já denunciados e próximo de julgamento pelo Tribunal do Júri, o caso do advogado José Fernando Cabral, assassinado, segundo a polícia, a mando do amigo e sócio, o também advogado Sinval José Alves, pode sofrer uma reviravolta por fraude processual.

O alerta é do advogado Eraldo Lino Moreira, defensor de um dos acusados pela execução de Fernando Cabral. Segundo ele, a polícia sabe que seu cliente – Denisvaldo Bezerra da Silva Filho – é inocente, como comprovam depoimentos do contratante (réu confesso) e do próprio Sinval, acusado de ser o mandante do crime.

Além dos depoimentos isentando Denisvaldo Bezerra, o vídeo que mostra a chegada da motocicleta com os criminosos não identifica seu cliente como sendo um dos acusados. E mais grave: o garupa seria Irlan Bezerra, que é negro, mas a imagem revela claramente que os dois ocupantes da moto são de cor branca.

“Manter um inocente preso por fraude processual comprovada é motivo de anulação do processo”, diz o advogado Eraldo Moreira, ao denunciar as falhas do inquérito policial.

A denúncia é grave e merece ser investigada pelo Ministério Público Estadual, que é o fiscal da lei. Afinal, processos que culminam com a condenação de inocentes não são incomuns, aqui e alhures.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade