Alagoas, 17 de outubro de 2019 23º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
CASO MARTHA MOREIRA

Inquérito sobre morte da esposa de promotor deve sofrer reviravolta

Família toma providências que podem mudar o rumo do processo

Redação

13/09/2019 06h06 - Atualizado em 16/09/2019 09h09

Promotor ao lado da esposa, Martha Nascimento
DivulgaçãoPromotor ao lado da esposa, Martha Nascimento

O inquérito que investigou a morte da esposa do promotor Sidrack Nascimento pode sofrer uma grande reviravolta. Insatisfeita com o resultado da investigação policial, que concluiu pela tese do suicídio da advogada Martha Moreira, a família tomou providências externas que podem levar o processo à estaca zero.

O processo está em segredo de Justiça, o que impede a coluna de obter maiores informações sobre as medidas tomadas pela família da vítima.

Martha Moreira morreu no dia 8 de maio último com um tiro de pistola deflagrado da arma pertencente ao próprio marido. O inquérito concluiu pelo suicídio, mas, segundo a família, a vítima não tinha perfil de suicida nem motivos aparentes para meter uma bala na cabeça.

A facilidade com que a arma chegou às mãos da vítima e a fuga do promotor do local da tragédia são fatos ainda não devidamente esclarecidos. 

As dúvidas da família só aumentaram depois que Sidrack Nascimento recorreu à Justiça para afastar do espólio de Martha o único herdeiro da esposa em uma empresa que administra uma franquia religiosa, um colégio e outros negócios do casal.

No Ministério Público Estadual, onde o promotor trabalha, o silêncio ensurdecedor fala mais alto que qualquer grito.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade