Alagoas, 25 de agosto de 2019 23º min 25º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
CASO PINHEIRO

TJ nomeia só um perito para avaliar mais de 10 mil imóveis

Tutmés Airan compra briga com os demais 50 avaliadores de imóveis

Redação

15/07/2019 11h11 - Atualizado em 15/07/2019 17h05

O presidente do TJ, Tutmés Airan
Foto: Adeildo LoboO presidente do TJ, Tutmés Airan

Ao nomear o perito Cláudio Amaral como avaliador oficial dos imóveis do Pinheiro, Mutange e Bebedouro - para fins de indenização - o presidente do TJ, Tutmés Airan, comprou uma boa briga com os demais 50 avaliadores de imóveis de Alagoas. 

Lembram que o Crea, o MP e a Defensoria Pública, envolvidos no processo do Pinheiro, não foram consultados. 

Eles alegam ser impossível para um único perito avaliar 10.500 imóveis em um prazo mínimo, como exigem as circunstâncias do caso. “Levará, no mínimo, 5 anos para fazer o trabalho”, alertam. 

E mais grave: Cláudio Amaral não é credenciado junto ao Poder Judiciário e já foi punido pela Caixa com 6 meses de suspensão por fazer avaliações fajutas.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir 16.1k
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade