Alagoas, 22 de novembro de 2019 24º min 28º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
CRISE

Odebrecht perderá controle da Braskem

Petrobrás também deve cair fora do negócio

Redação

12/07/2019 08h08 - Atualizado em 15/07/2019 11h11

Braskem em Maceió
Foto: AssessoriaBraskem em Maceió

Mais uma notícia ruim para os 40 mil moradores da região do Pinheiro, Mutange e Bebedouro: A Justiça autorizou que credores da Odebrecht executem garantias dadas pelo grupo, sendo a maioria delas em ações da Braskem.

Isto significa que o controle acionário da Braskem passará para o banco Itaú, maior credor do grupo Odebrecht, que está em recuperação judicial, com uma dívida impagável de R$ 100 bilhões.

Agora, a única esperança é a Petrobrás – dona de 49% das ações da mineradora - se manter na sociedade, o que não é nada certo, visto que a petroleira já manifestou seu desejo de cair fora do negócio.

Resumo da tragédia: Com a Odebrecht e a Petrobras fora do controle da Braskem, quem vai garantir as indenizações bilionárias decorrentes dos crimes ambientais e danos materiais e morais praticados pela mineradora em Maceió?

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir 17.8k
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade