Alagoas, 21 de novembro de 2019 24º min 28º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
CRIMES

Braskem tenta fugir da responsabilidade pelo afundamento de bairros

Redação

21/06/2019 09h09 - Atualizado em 21/06/2019 11h11

Braskem tenta fugir da responsabilidade pelo afundamento de bairros
Foto: Divulgação

A Braskem, que tenta fugir da responsabilidade pelo afundamento de três de bairros de Maceió, é a mesma que há 40 anos explora as riquezas do subsolo da Capital sem se preocupar com o meio ambiente e a segurança da população.

A empresa, que prometia ser a redenção econômica do Estado, não só frustrou o sonho dos alagoanos como contribuiu para o endividamento do Estado. Vale dizer que boa parte da impagável dívida pública de Alagoas deve-se aos vários empréstimos externos destinados à mineradora. 

Acuada pelas provas de seu desleixo com a população e o meio ambiente, a Braskem quer agora dividir a culpa com a União. Argumenta que os poços de extração do sal-gema foram perfurados pela CPRM, órgão federal que agora responsabiliza a mineradora pelos estragos nos bairros de Maceió. 

Dados oficiais da própria CPRM indicam que o processo de exploração inadequada do sal-gema afetou a estrutura geológica de Maceió e desestabilizou cavernas subterrâneas, existentes há milhões de anos na região. 

Geólogos ouvidos pela coluna contestam os argumentos da Braskem e veem a acusação contra a CPRM como desculpa para esquivar-se de possíveis indenizações milionárias.

Os técnicos da área garantem que perfuração e exploração de poços para atividades de mineração são coisas distintas e responsabilizam a Braskem pelos 40 anos de exploração do sal-gema sem as devidas ações de segurança.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade