Alagoas, 20 de agosto de 2019 23º min 26º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
Predadores vorazes

Indústria açucareira dá golpes contra trabalhadores, bancos e fornecedores

Redação

17/05/2019 11h11 - Atualizado em 17/05/2019 13h01

Indústria açucareira dá golpes contra trabalhadores, bancos e fornecedores
Foto: Divulgação

Após destruir a Mata Atlântica e seus recursos hídricos, e fincar os pilares da pobreza em Alagoas, a indústria açucareira vive seus estertores administrando processos de falência, fraudes trabalhistas e golpes contra plantadores de cana, bancos e demais fornecedores. 

A derrocada do setor começou três décadas atrás com a falência do Pró-álcool, a extinção do IAA e o fim do dinheiro fácil garantido pelos bancos oficiais. Com o fim desse modelo ineficiente, as usinas entraram em crise, dando início à quebradeira do setor e selando o empobrecimento do estado. 

Das 26 usinas que transformaram Alagoas no maior produtor de açúcar e álcool do país, restam, no máximo, 10 unidades em operação, mas só meia dúzia sobreviverá. Em muito dos casos as usinas quebraram, mas os usineiros vão muito bem, obrigado, alguns deles morando na Europa. 

O caso da Bititinga é um exemplo da ação predatória do setor açucareiro e das consequências nefastas para o estado. Só agora, quase 30 anos depois, fica-se sabendo que a falência da usina foi usada por um grupo de usurpadores que se uniram em conluio para enganar centenas de trabalhadores e demais credores da massa falida. 

Outro episódio que denigre o setor é o pedido de falência coletiva de 10 empresas associadas feito pela cooperativa dos usineiros para escapar das execuções de dívidas. Um dos bancos credores acusou a cooperativa de formação de quadrilha e chegou a pedir a prisão de seus diretores. 

Após mais de um século de exploração dos recursos naturais e espoliação dos trabalhadores, a indústria do açúcar deixa como legado maldito a marca da terra arrasada e um estado condenado à pobreza e à miséria.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir 16k
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade