Alagoas, 19 de janeiro de 2021 24º min 28º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322

Caça às bruxas

Diferença de votos tem custado o emprego de muita gente

da Redação

14/12/2016 14h02

Junqueiro vive dias de pânico entre o funcionalismo municipal. É que a gestão Fernando Pereira-Carlos Augusto ainda não engoliu ter vencido o pleito de 2 de outubro por apenas 3 votos de diferença contra o comerciante Leandro Silva. Resultado: demissões sem justa causa.

Um dos atingidos é o professor José Ivonaldo e Silva.

Com mais de 28 anos de magistério e mesmo sendo concursado, ele foi exonerado do cargo. Motivo: foi candidato a vereador pela coligação Muda Junqueiro, que teve Le-andro como candidato a prefeito contra Carlos Augusto.

E as perseguições não se limitam a servidores municipais que tenham apoiado a candidatura de Leandro. Comerciantes da feira de Junqueiro favoráveis a ele também estão sendo perseguidos, inclusive com a apreensão de mercadorias por parte de fiscais da prefeitura durante operações tidas como suspeitas e arbitrárias.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade