Alagoas, 26 de julho de 2021 23º min 26º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322

Juiz, cachaça e mulheres

O juiz Antônio Bittencourt aprontou mais uma baderna movida a 40 graus etílicos

da Redação

26/11/2016 20h08

(Crédito: Divulgação)
(Crédito: Divulgação)
O juiz Antônio Bittencourt, conhecido nas noites maceioenses, aprontou mais uma baderna movida a 40 graus etílicos. A nova farra ocorreu um mês atrás na Prainha, em Marechal Deodoro, mas só agora chegou aos ouvidos do Tribunal de Justiça.

Segundo relatos de testemunhas, Bittencourt chegou à Prainha pilotando uma potente lancha, com três mulheres a bordo e muita cachaça no quengo, colocando em risco a vida dos banhistas, inclusive crianças.

Flagrado por uma blitz da Capitania dos Portos, o “magistrado” se recusou a fazer o teste do bafômetro sob o argumento de ser juiz de direito. Mas a velha carteirada não funcionou e o pessoal da Marinha foi obrigado a lacrar a lancha do juiz baderneiro.

Sempre é bom lembrar que o juiz Antônio Bittencourt é aspirante ao cargo de desembargador do Tribunal de Justiça, onde conta com o apoio do irmão-desembargador Fábio Bittencourt. Com a palavra, a Corregedoria-geral de Justiça do TJ e o ConselhoNacional de Justiça (CNJ).

 

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade