Alagoas, 26 de julho de 2021 23º min 26º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322

Vaquejada da discórdia

Presidente do TJ proíbe a prática; desembargadora libera

Da Redação

25/11/2016 16h04

Membros do Judiciário não se entendem quanto a ser ou não proibida a vaquejada em território alagoano. Enquanto o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador João Azevedo Lessa, se posicionou contra a prática, seguindo recente entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF), a desembargadora Elisabeth Nascimento decidiu em sentido contrário e suspendeu, ontem, decisão do juízo de primeira instância que proibia a vaquejada no município de Pilar.  

Para Elisabeth, a decisão do STF é restrita ao estado do Ceará.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade