Acompanhe nas redes sociais:

19 de Julho de 2018

Só no site :: Alagoas

10/04/2018 - 14:14:39

PF apreende dinheiro e arma durante operação em Batalha

Com assessoria
Foto: Divulgação

A  Superintendência da Polícia Federal, em Alagoas, apreendeu dinheiro e uma arma durante a Operação Malacafa, deflagrada na manhã desta terça-feira, 10, nas cidades de Batalha, Jacaré dos Homens e Maceió.

A quantia de R$ 20 mil, em cédulas de R$ 50 e R$ 100, foi apreendida na casa de um dos alvos de busca em Batalha. Já em outro local da mesma cidade foi encontrada uma espingarda calibre 12 com duas munições. 

Informações extraoficiais dão conta que um dos investigados é o presidente da Câmara de Vereadores, Waldeck Barros (PTB). No entanto, a PF não divulgou nenhum nome durante coletiva à imprensa, mas ressaltou que mandados aconteceram em casas de alguns vereadores. 

Na ação, uma pessoa foi presa em flagrante por porte ilegal de arma. Segundo o delegado regional de Combate ao Crime Organizado da Polícia Federal, Agnaldo Mendonça Alves, as buscas são referentes a um desdobramento da "Sururugate", que investiga políticos e outras pessoas envolvidas num suposto esquema de inserção de funcionários fantasmas na Assembleia Legislativa (ALE-AL).

Questionado se as buscas em Batalha têm ligação com a denúncia de José Márcio Cavalcante, mais conhecido como Baixinho Boiadeiro, que apontou uma lista de fantasmas da ALE, Mendonça informou que os fatos apurados nesta terça-feira seriam de investigação anterior. 

"A lista de Baixinho está na Polícia Federal já sendo avaliada", destacou ao EXTRA. Foragido da Justiça, Baixinho Boiadeiro é filho do vereador assassinado Adelmo Rodrigues, o Neguinho Boiadeiro (PSD).

A operação contou com a participação de 60 policiais federais. A palavra "malacafa" é uma gíria nordestina que significa "armação ou apronto". No total foram cumpridos 11 mandados em Batalha, 1 em Maceió e 2 em Jacaré dos Homens. 

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia