Acompanhe nas redes sociais:

24 de Junho de 2018

Só no site :: Alagoas

14/03/2018 - 08:16:58

Sapo morto é encontrado boiando em reservatório de matadouro

MPE-AL
Foto: Jonathan Lins

Localizado em área urbana, próximo de várias residências, um matadouro localizado no município de Teotônio Vilela foi interditado pela equipe de Produtos de Origem Animal da Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia Hidrográfica do São Francisco (FPI), na tarde desta terça-feira, 13.

Além de encontrarem várias irregularidades, ausência de licença ambiental, também foram vistos funcionários trabalhando sem equipamentos de segurança. Até um sapo morto foi encontrado boiando em reservatório de água no estabelecimento. 

"O matadouro está localizado próximo de via pública, de residências, e isso não é permitido. O estabelecimento foi interditado e não poderá voltar a funcionar no local onde está", explicou o coordenador da equipe.

O matadouro não possui licença ambiental e nem registro nos órgãos sanitários responsáveis. No local havia produtos de limpeza sem rótulos para a identificação, funcionários sem vestimenta adequada e foi constatado que os animais como porcos e carneiros eram mortos em ambiente aberto.

"Os animais devem ser abatidos em ambiente fechado é com condições higiênico-sanitárias satisfatórias. Os efluentes devem ser tratados antes de serem lançados no meio ambiente. Todos os resíduos eram lançados no esgoto doméstico. Mais uma irregularidade", continuou o coordenador.

Assim como no matadouro de Coruripe, também interditado nesta terça, no de Teotônio Vilela também funcionava uma salgadeira sem licença ambiental.

Equipes do Instituto do Meio Ambiente (IMA), foram até a delegacia da cidade para denunciar as irregularidades. O grupo estava acompanhado de militares do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) e de agentes de Polícia Rodoviária Federal (PRF), além de representantes no Ministério Público do Trabalho (MPT) e Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas (Adeal).

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia