Acompanhe nas redes sociais:

16 de Janeiro de 2019

Outras Edições

Edição nº 1004 / 2019

11/01/2019 - 12:59:25

Eleições na Assembleia testam futuro político de Renan Filho

Odilon Rios Especial para o EXTRA
Governador Renan Filho move as peças do xadrez de olho na cadeira do Senado a ser disputada em 2022 - Foto: Divulgação

As mudanças nos últimos dias para as eleições da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa (ALE) não são definitivas, mesmo com a desistência de Olavo Calheiros (MDB) e a permanência de Marcelo Victor (SDD) no páreo. Tudo pode acontecer até 1º de fevereiro, quando os deputados vão para a urna de madeira na Casa, em voto secreto, para escolher, primeiro, o novo presidente; segundo, a chapa com os demais integrantes da Mesa.

A certeza deste momento é que estas eleições estão casadas com as de 2022. O governador Renan Filho (MDB) é candidato ao Senado. São duas situações: sabe que seu rival é Fernando Collor, que buscará a reeleição. Renan Filho precisará renunciar ao mandato seis meses antes do pleito. Em seu lugar assume o vice, Luciano Barbosa (MDB). 

O segundo nome na linha de sucessão ao governo estará sentado na presidência da Assembleia. E tem muitos poderes. É na Assembleia que funciona a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que legaliza (ou engaveta) todos os projetos do governo com passagem pelo Legislativo. É a Assembleia que decide se o governador continua no cargo ou sofre impeachment. Uma maioria governista ou um grupo de deputados na oposição pode ser o sonho ou o pesadelo de um chefe de Executivo. 

Todo este eixo pode ser alterado pelo perfil do presidente da Assembleia. Se for governista, tende a ser um aliado; oposicionista, nem o céu é o limite.

O caso mais emblemático na história recente de Alagoas- e bastante lembrado nos últimos dias - foi o do Governo Ronaldo Lessa, que contava com uma feroz oposição do grupo dos 14 na Assembleia.

Mas, o passado parece ser neste caso uma roupa que não serve mais - parodiando o poeta- ao menos é a análise de quem está no grupo de Marcelo Victor e no staff do governador.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia