Acompanhe nas redes sociais:

17 de Julho de 2018

Outras Edições

Edição nº 980 / 2018

15/07/2018 - 08:20:00

Famílias lutam há décadas por fazendas

processos envolvem ex-secretário Álvaro Vasconcelos

José Fernando Martins [email protected]
Lídia e Luciane Araújo: mãe e filha querem indenização

Duas famílias cobram mais celeridade da Justiça para resolver imbróglios quanto a posse de terras em fazendas localizadas no Benedito Bentes, em Maceió. Para se ter uma ideia, um dos processos já é considerado balzaquiano, uma vez que tramita no Judiciário alagoano desde 1984. O outro, embora mais recente, de 2006, também sofre com a falta de definição. Ambos casos envolvem o ex-secretário estadual da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri), Álvaro Vasconcelos. Se por um lado, o ex-secretário afirma ter documentos que comprovam sua legalidade de reivindicar as terras, do outro famílias o acusam de “negociar com gente que já morreu” e de “usar influência política para ganhar na Justiça”. 

O drama mais antigo é dos herdeiros do agricultor Antônio Cândido, falecido 2001 aos 81 anos, que levou Álvaro Vasconcelos à Justiça. A disputa judicial é pela demarcação da Fazenda Duas Bocas, na qual o ex-secretário teria se apropriado ilegalmente de parte das terras. Em setembro do ano passado, o EXTRA noticiou que o juiz responsável pelo processo, Ayrton de Luna Tenório, teria nomeado a perita Gabriella Paiva de Andrade para, enfim, demarcar os limites da fazenda. A perita, conforme os autos do processo na ocasião, tinha 60 dias para fazer um levantamento topográfico das terras e apresentar laudo pericial com a nova linha demarcatória.

Leia mais no jornal EXTRA nas bancas!

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia