Acompanhe nas redes sociais:

17 de Julho de 2018

Outras Edições

Edição nº 977 / 2018

23/06/2018 - 07:29:38

Rogério Teófilo entrega comando da Prefeitura para Biu e Arthur Lira

Prefeito busca assegurar apoio para candidatura do filho à Assembleia

Da Redação
De olho em suas reeleições, Benedito de Lira e Arthur Lira marcam presença em Arapiraca e prometem ajudar filho de Rogério se eleger - Foto: Divulgação

Com mais de 70% de rejeição, sem o apoio do grupo político que o elegeu e com uma virtual maioria na Câmara, onde vereadores se dizem situação apenas para garantirem benesses financeiras, o prefeito de Arapiraca, Rogério Teófilo (PSDB), não teve outra escolha senão entregar o comando da Prefeitura à família De Lira (diga-se o senador Biu e o deputado federal Arthur), que já estão mandando e desmandando no Centro Administrativo Antônio Rocha, mais conhecido como Casa Azul.

Desgastado e responsável por uma gestão marcada por inércia, perseguição e graves denúncias de improbidade administrativa, a única esperança de manter o nome da família Teófilo vivo na política é a difícil tentativa de eleger o filho, Moacir Teófilo Neto, que a exemplo do pai, ainda não conseguiu emplacar junto à população. Há quem diga que Rogério não se elege mais nem pra presidente de associação de bairro em Arapiraca.

Ao perceberem o isolamento do prefeito tucano, Biu e Arthur usaram de suas artimanhas e da habilidade de anos na política para seduzirem Teófilo e, em troca, oferecerem vantagens a exemplo do apoio ao desconhecido Moacir Teófilo. Pra quem não lembra – pelo visto nem o prefeito lembra – Arthur e Biu são os mesmos que pediram a cabeça de Teófilo da Secretaria de Estado da Educação, na gestão do então governador Teotônio Vilela. 

E assim aconteceu. Hoje, a caneta poderosa da família De Lira está nas mãos do super-secretário Antônio Lenine Pereira Filho que, juntamente com o prefeito Teófilo, vem sendo investigado pelo Ministério Público e Polícia Federal por vários crimes de improbidade administrativa. Quem é que não se lembra do pagamento feito a uma empresa de auditoria com dinheiro de uma construtora pertencente a Lenine, e o recente escândalo das carteiras escolares que sumiram.

Com a reforma administrativa também veio a mudança no secretariado. Na Agricultura, por exemplo, os De Lira tiraram Roberto Amaral, que é cunhado do prefeito, para colocarem o vereador por Feira Grande, Flávio Maurício, a principal liderança dos De Liras naquela cidade do Agreste. Na bagagem Flávio trouxe um “caminhão de assessores” que foram imediatamente contratados com o aval do secretário Lenine. Fica a pergunta: o secretário vai trabalhar para os agricultores arapiraquenses ou visando apenas sua campanha em 2020?

Ao que parece, Rogério não perdeu apenas o comando da Prefeitura de Arapiraca, mas também perdeu o rumo e acaba de enterrar sua história política.


Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia