Acompanhe nas redes sociais:

19 de Outubro de 2018

Outras Edições

Edição nº 971 / 2018

10/05/2018 - 21:08:41

Podemos define Richard Manso para enfrentar Renan Filho

Rodrigo cunha escolhe ir para a disputa por uma vaga do senado

José Fernando Martins [email protected]
Podemos decide lançar o jurista Richard Manso na disputa pelo governo

A disputa ao governo de Alagoas começa aos poucos a tomar forma. Novos nomes surgem dispostos a competir contra o governador Renan Filho (MDB), que tenta a reeleição. Nesta semana, o Podemos fez questão de anunciar seu pré-candidato, o jurista Richard Manso, 53. Enquanto isso, o PSDB, que apostava no deputado estadual Rodrigo Cunha para o embate contra o filho do senador Renan Calheiros, terá que definir outro nome. 

O Podemos aposta suas fichas em Manso, um advogado autor de diversas ações, entre as quais a que questionam as famosas Letras Podres do Tesouro Estadual, a dívida pública do Estado e a indenização das construtoras que construíram o Fórum de Maceió, conseguindo recuperar mais de R$ 800 mil para o Judiciário. 

Manso ainda acrescenta sua luta contra os repasses irregulares do duodécimo da Assembleia Legislativa (ALE) e do Tribunal de Contas (TCE), bem como a privatização da Eletrobras, uma batalha que já dura mais de 20 anos. O Podemos também já anunciou alguns pré-candidatos para deputado federal e estadual. A chapa para a ALE ainda está em formação, mas para a Câmara Federal contará com a advogada Rachel Cabus e Álvaro Vasconcelos, presidente do partido. Para Senado, o também advogado Omar Coêlho assume a disputa. 

Segundo Coêlho, que é vice-presidente do partido, o jurista é uma novidade na política de Alagoas e “tem os requisitos necessários para render bons frutos”. “Ele representa o que o Podemos tanto anseia para a sociedade. É um homem ético e que tem muito a oferecer”. 

Aos 53 anos, casado e pai de dois filhos, Richard Manso é pós-graduado em Direito Processual pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal). Também é doutorando em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidad del Museo Social Argentino. Exerce o cargo de analista Especializado em Direito no Tribunal de Justiça (TJ-AL), nomeado por concurso público.

Já o deputado estadual Rodrigo Cunha anunciou ontem à noite sua pré-candidatura ao Senado.

Com sua postura analítica sobre a ALE, Cunha fez uma forte oposição a Renan Filho na Casa de Tavares Bastos e era tido como o nome mais forte do PSDB após desistência do prefeito Rui Palmeira de enfrentar a campanha ao governo estadual. 

Alagoano de Arapiraca, o filho de Ceci Cunha é formado em Direito pela Ufal, com pós-graduação em Gestão Pública, Gestão empresarial e Direito do Consumidor. Assumiu a Superintendência do Procon Alagoas em 2008 onde atuou por seis anos. Lá desenvolveu um trabalho que virou referência nacional. 

O dia ontem foi de expectativa no meio político diante da possibilidade de RodrigoCunha ser anunciado como o pré-candidato tucano para o embate com Renan Filho, o que não se confirmou.

Em carta aberta aos alagoanos, o deputado tucano justificou sua opção em disputar uma vaga de senador depois de haver ouvido a opinião dos alagoanos em diversas cidades.

“Hoje tenho a convicção de que os alagoanos esperam de mim coragem para enfrentar o que há de mais superado e atrasado na política de nosso estado”, diz trecho da carta.

Demais 

pré-candidatos

Além de Richard Manso,  os nomes do professor e doutor em Direito Basile Christopoulos (Psol) e do engenheiro Josan Leite (PSL) também estão sendo colocados no páreo para as eleições a governador de Alagoas. 

Leite chegou a disputar uma vaga na Câmara Municipal de Maceió em 2016.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia