Acompanhe nas redes sociais:

18 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 965 / 2018

04/04/2018 - 21:08:53

Tomara que eles saibam julgar !

JOSÉ ARNALDO LISBOA

Como criança e como adulto, eu já brinquei bastante, estudei, ensinei, amei, me diverti um bocado, trabalhei honestamente, viajei a 10 países da Velha Europa e não posso dizer que já sofri. Quando foi para escolher uma profissão, eu escolhi a Engenharia Civil, porque sempre gostei de Matemática, de Geometria e, principalmente, de Física. Durante 18 anos, lecionei Física nos Colégios Guido de Fontgalland, no antigo Estadual de Alagoas, no Moreira e Silva, no São José e na antiga Escola Técnica Federal de Alagoas. Escolhi essa profissão e, não me arrependi da escolha, pois, mesmo sabendo das importâncias das demais profissões, notei que algumas delas precisam ser exercidas com vocação. É claro que, umas precisam ser exercidas com vocação e, até com muito amor, como a Medicina e a Assistência Social. 

Eu acho muito bonito e muito envolvente o Direito, desde que tal profissão seja exercida com abnegação, estudos e obtenção de experiências no dia-dia. Eu, por exemplo, no exercício na Engenharia, eu tive que conhecer um pouquinho do Direito, na qualidade de perito técnico, junto a várias Comarcas e, principalmente, em varas da capital. Fiz, durante mais de 45 anos, perícias técnicas para nove juízes estaduais e quatro para juízes federais. Além das audiências, já fui convidado por alguns deles, para festinhas sociais e no meio do caminho, eu pude bons juízes. Para mim, foi muito bom testemunhar a distribuição de Justiça a quem precisa dela, pois o ser humano sempre precisa consertar o caráter, seus costumes e seus comportamentos sociais. 

     Nos últimos anos, o Brasil vem passando por uma fase, na qual o povo está precisando muito de Justiça, principalmente, para coibir a corrupção que está havendo entre os dirigentes, os políticos e executivos. Melhor dizendo, estamos precisando muito de julgadores honestos, principalmente, os de esferas superiores nos Tribunais Superiores. O povo está esperando que alguns deles, saibam fazer justiça, em lugar de preferirem o dinheiro dos réus ou o pagamento de favores das suas nomeações. O Brasil está carecendo de julgadores que tenham vergonha e que tenham sabido escolher suas profissões.  Nessa semana que se aproxima, o Brasil vai precisar muito dos senhores Ministros do Supremo Tribunal Federal, o poderoso STF. 

Eu estou com muito medo do que poderá acontecer no Brasil, se os nossos ministros não derem ao povo, um julgamento justo na “lava-jato”. O povo vai querer condenações e prisões para os malfeitores. Eu estou com muito medo, do que poderá acontecer, caso o povo não tenha seus desejos atendidos. Muito cuidado, senhores julgadores !

Em tempo – Aproveito a ocasião para agradecer as confianças depositadas em mim, pelos desembargadores federais Dr. Wild Lacerda e ao Dr. Paulo Roberto Oliveira, bem como, aos juízes federais Dr. Sebastião Vasquez e ao Dr. Paulo Cordeiro.   

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia