Acompanhe nas redes sociais:

25 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 962 / 2018

14/03/2018 - 11:48:27

A sociedade entre candidatos e assaltantes

JOSÉ Arnaldo Lisboa Martins

Um dos meus amigos de bate-papo certa vez me disse que eu ficasse prestando atenção para um fato que vem acontecendo e se repetindo muito em período de eleições. Segundo as suas observações, em todas as eleições o número de assaltos aumenta, principalmente aqueles que acontecem com explosões de caixas eletrônicos em várias cidades alagoanas e no Brasil de um modo geral. Acha ele que foi uma maneira que alguns políticos arranjaram para conseguir dinheiro para as suas campanhas eleitorais, já que a compra do voto tem sido muita utilizada nas nossas eleições. A observação do meu amigo é válida, pois estão havendo umas coincidências estranhas, com assaltos constantes todas as vezes que se aproximam as eleições, pois os candidatos e os amigos assaltantes sempre estarão nas suas atividades criminosas, sem serem presos e condenados. 

A gente não sabe quantos são os assaltantes e se eles chegam de avião, já que ninguém desconfia de nada, deixando os criminosos livres, diante da Polícia e da Justiça. Ninguém desconfia dos locais onde eles se hospedam, se em hotéis, motéis, pousadas ou pensões. Também as autoridades não estão preocupadas em saber onde eles dormem. Como os assaltos são constantes, parece até que a Polícia ainda não sabe onde eles tomam café, almoçam e jantam. É muito estranho!  E ninguém desconfia ou vê os malotes com tanto dinheiro ou onde eles os guardam. É muito estranho tudo isso! E as placas de carros estranhos transitando livremente nas nossas rodovias, ninguém os vê passando, hein ? É muito interessante, não é? Parece até que tem gente dando cobertura e orientando em quais bancos vão acontecer os pagamentos. Será que gerentes de bancos também, estão envolvidos? 

Sei não ....Os assaltantes estão fazendo o que bem querem, ora assaltando em nossas capitais ou nos 5.570 municípios que temos. É quase certeza haver assalto nesta semana, mas o povo já se habituou a ir dormir, esperando um novo arrombamento com dinamites. Onde os políticos e os assaltantes estão encontrando e guardando tantas dinamites? As notícias dizem que está diminuído a violência em Alagoas, como se assaltos a bancos não sejam, também, violência contra o povo. As campanhas eleitorais estão muito caras e os candidatos e assaltantes-amigos estão precisando de dinheiro. Por sua vez, as urnas eletrônicas safadas vão precisar muito de dinheiro para bancar os esquemas nas eleições brasileiras. Mais de 50 países não aceitaram as propostas do Brasil para o uso das urnas imorais, mas o TSE insiste no uso delas, pois o nosso Brasil está uma verdadeira “zona eleitoral”! 

Em tempo – Dona Maria Luíza Silveira e o Sr. Antônio Assunção são meus eleitores do EXTRA. Aos dois, meus agradecimentos pelo incentivo. 

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia