Acompanhe nas redes sociais:

24 de Junho de 2018

Outras Edições

Edição nº 962 / 2018

08/03/2018 - 18:46:30

Família Boiadeiro é acusada em dezenas de crimes no Sertão

Redação
Baixinho Boiadeiro é acusado de matar o vereador Tony Pretinho - Divulgação

O que até bem pouco tempo circulava na surdina, de boca em boca, agora virou uma espécie de “dossiê macabro” e que dá nome aos bois, com data, local, personagens envolvidos e suas vítimas. Trata-se da lista denominada “A saga criminosa dos boiadeiros, a família mais perigosa de Alagoas”, que circula no Agreste e Sertão de Alagoas.

Focada em 19 parentes de Baixinho Boiadeiro, passando por Laércio, Tiago Preto, Mércia e Carlinhos Boiadeiro, a lista é uma verdadeira folha corrida de supostos crimes praticados por integrantes dessa família. Na descrição de certos delitos, observa-se que houve a ação da polícia para coibir ou punir seus autores com prisão.

As principais localidades dos crimes mencionados são os municípios de Batalha, Craíbas, Olho d’Agua das Flores, Olivença, Monteirópolis, Jaramataia, Olivença, Belo Monte e Igaci. A lista enumera supostos crimes de sequestro, tortura, tentativa de roubo a carro-forte e, dominantemente, assassinatos.

De fatos que teriam ocorridos há quase 20 anos, a supostas ações delitivas de poucos anos atrás. A lista é farta de nomes apontados como autores intelectuais e respectivos pistoleiros. No mínimo, vale ser folheada pelas autoridades policiais. Confira nas páginas 16 e 17 a íntegra do dossiê macabro.

JULIANO RODRIGUES 

DE LIMA

BRANCO BOIADEIRO

- Preso por porte ilegal de arma de fogo em Olho d’água das Flores no dia 19/07/2009

- Preso por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito em Belo Monte no dia 01/10/2016.

- Tentou matar no dia 20/07/2009 na cidade de Santana do Ipanema (festa da juventude) o casal, Charliton Harryson Barbosa da Silva e Jane Keila Vítor Alcântara. Posteriormente, o cidadão Charliton Harrysson Barbosa da Silva foi assassinado pelo Branco Boiadeiro em falso assalto na cidade de Olivença.

- Sequestrou, no dia 25/12/2014, um jovem, filho de Dona Quitéria, que residia na Rua Sirval Teodoro de Oliveira, nº 140 na cidade de Jaramataia, torturando-o e matando-o, sendo o corpo jogado na cidade de Iati-PE como indigente. A vítima teria pego um carro escondido, Fiat Uno, e desaparecido por vários dias. O veículo pertencia ao primo do cunhado da vítima.

MARCELO AUGUSTINHO 

DOS SANTOS

MARCELO BOIADEIRO

- Matou Silvânio Praxedes da Silva, no dia 22/06/2006, na cidade de Girau do Porciano. Eram primos e teriam discutido.

- Matou, na cidade de Monteirópolis, em 12/02/2010, o Cabo PM/AL Josival Oliveira da Silva e sua sobrinha, Jessica Andrade, de 09 anos.

- Matou Valdinete Bispo dos Santos, na cidade de Arapiraca, no dia 10/10/2011. A vítima havia fugido da casa de prostituição do Marcelo Boiadeiro, em São Paulo.

CÍCERO JOSÉ 

RODRIGUES DE LIMA

ZÉ DE LAÉRCIO BOIADEIRO

- Tentou assaltar um carro forte na cidade de Jaramataia, onde foram efetuados disparos de arma de fogo.

- Participou de um duplo homicídio no povoado de Folha Miúda, em Craíbas, no dia 12/08/2013, onde vitimou Eduardo Messias de Araújo, policial militar, e Alaide Mendes de Araújo. Os corpos foram queimados no veículo das vítimas. Motivo do crime: o filho do casal seria testemunha de uma chacina cometida pela quadrilha dos Boiadeiros, num assentamento sem-terra em Girau do Ponciano. Vítimas: José Florentino da Silva, 60 anos, seu filho, Linderlei Florentino da Silva, seu cunhado, José Manoel dos Santos, e a irmã Janicléia Manuel dos Santos. Possivelmente, as armas usadas nesse crime foram apreendidas numa operação policial que deteve o Alvanir Barbosa Lima, no dia 10/03/2016.

JOSÉ ANSELMO 

CAVALCANTI DE MELO 

PRETO BOAIADEIRO

- Matou Edivaldo Joaquim de Matos e Samuel Theomar Bezerra Cavalcante Junior no dia 27/05/2006, na cidade de Batalha.

ADELMO RODRIGUES 

DE MELO

NEGUINHO BOIADEIRO

- Mandou matar Antônio Paulo da Silva, 30 anos, vulgo Xoxu, no dia 29/12/2012, na cidade de Batalha, onde o executor foi José Valdete do Carmo Mendes. Tal homicídio teria sido praticado porque a vítima não votou no Neguinho Boiadeiro e este teria mandado matá-la. Porém, o executor não conhecia a vítima e matou Xoxu por engano.

- Mandou matar Claudenice dos Santos, 41 anos, conhecida como Kil do Bar, na cidade de Batalha, no dia 17/11/2013. Motivo: a vítima não votou no Neguinho Boiadeiro. Os executores foram Cristiano de Farias, vulgo Bombado (preso) e o Tiago Mariano Tenório.

- Mandou matar José Gilmar dos Santos, no dia 02/11/2014, na cidade de Batalha. A vítima falava mal dos Boiadeiros no reduto eleitoral da família, no povoado Santa Luzia (funil), cidade de Batalha. Os autores materiais foram Jasson, Tiago Mariano Tenório, Cosme Falcão dos Santos, Emanuel Messias de Melo Araújo e Tiago de Melo Araújo (irmão do Emanuel Messias de Melo Araújo).

SÉRGIO ALEXANDRE 

ALVES DA SILVA 

ALEXANDRE BOIADEIRO

- Tem mandado de prisão em aberto pela 16º VCC/AL, expedido no dia 07/05/2013 e até então continua solto.

- Cometeu um duplo homicídio na cidade de Craíbas, no dia 04/06/2016. Houve ainda a tentativa de homicídio contra Tiago José dos Santos e mais dois homens porque as vítimas roubavam motocicletas e pessoas da comunidade pagaram para que elas fossem assassinadas.

Tem mandado de prisão pela Justiça de Igaci.

MARCONDES CAVALCANTI TARGINO

MARCONDE BOIADEIRO

- Matou, no dia 25/07/2003, na cidade de Batalha, Antônio Carlos Lima de Oliveira. A vítima teria discutido sobre dívida de bar e o autor queria ganhar fama de matador.

- Matou o radialista Jorge Lourenço dos Santos, no dia 11/07/2004, em Santana do Ipanema. A vítima efetuou críticas em público.

DAVI RODRIGUES 

DOS SANTOS 

DAVI BOIADEIRO

- Matou, no dia 20/12/2015, na cidade de Batalha, Mércia Ladislau Gomes. Teria discutido com o marido da vítima e a mesma não teria dito o paradeiro de seu esposo para Davi Boiadeiro matar.

- Com Branco Boiadeiro, sequestrou, no dia 25/12/2014, um jovem, filho de Dona Quitéria, que residia na rua Sirval Teodoro de Oliveira, nº 140 na cidade de Jaramataia. Ele foi torturado e morto, sendo o corpo jogado na cidade de Iati-PE como indigente. A vítima teria pego um carro escondido, Fiat Uno e teria desaparecido por vários dias com o carro, que pertencia ao primo do cunhado da vítima.

JOSÉ MARCIO CAVALCANTE, BAIXINHO BOIADEIRO

- Mandou matar um rapaz no povoado Funil, em Batalha. O autor foi Valdete do Carmo Mendes, conhecido por Valderez, a vítima era primo do motorista do padre.

- Teria participado da morte do genro de Lula Cabeleira, na cidade de Delmiro Gouveia

- Matou o compadre e vereador Tony Pretinho

- Tentou matar José Emílio Dantas

- Matou Edivaldo Joaquim de Matos e Samuel Theomar Bezerra Cavalcante Junior, no dia 27/05/2006, na cidade de Batalha.

- Participou da “encomenda” da morte de José Ângelo Neto, vulgo Zé Quinca, no dia 13/09/2013, na cidade de Batalha. Os executores foram Bero Boiadeiro, morto em operação policial, em Batalha, Cristiano Farias, o Bomba, e Tiago Mariano Tenório.

- Financia o tráfico de drogas, que é operado por José Ailton dos Santos.

BERO BOIADEIRO

- Matou Leo de Chico da burra, no povoado Folha Miúda, com José do Laércio. O motivo do crime foi dinheiro que José do Laércio devia ao Leo de Chico da Burra.

- Matou um homem no bairro Funil, em Batalha, dentro de um bar.

- Matou Marcolino, na cidade de Arapiraca.

- Matou o promotor de Justiça Tiago Fontes Soares, na Cidade de Itaiba, Sertão pernambucano

- Matou Samuel Teomar Bezerra Cavalcante, o policial militar Edivaldo Joaquim de Matos e tentou matar Theobaldo Bezerra Cavalcante, no ano de 2006.

- Matou um homem a tiros numa oficina na cidade de Águas Belas- PE

- Matou, em 2014, um homem conhecido por Nena Pretinho, no Povoado Boa Vista, no município de Batalha.

- Matou Erivaldo, no município de Craibas.

AVANIR BARBOSA LIMA

- Matou os gêmeos do povoado Dionel, de Batalha.

- Matou José Valdir Freitas de Araújo, em Craíbas, em junho de 2013, a mando de Zé Boiadeiro.

TIAGO MARIANO TENÓRIO TIAGO PRETO

- Foi preso por porte ilegal de arma de fogo na cidade de Batalha, no dia 23/12/2010.

- Matou Claudenice dos Santos, 41 anos, conhecida como Kil do Bar, na cidade de Batalha. no dia 17/11/2013. Motivo: a vítima não votou no Neguinho Boiadeiro.

- Matou o cidadão de nome José Gilmar dos Santos, no dia 02/11/2014, na cidade de Batalha. A vítima falava mal dos Boiadeiros no reduto eleitoral da família, no povoado Santa Luzia (funil), cidade de Batalha.

- Participou da “encomenda” da morte de José Ângelo Neto, vulgo Zé Quinca, no dia 13/09/2013, na cidade de Batalha.

JOSÉ AILTON DOS 

SANTOS

ARIEL

- É chefe de tráfico em Batalha e Jacaré dos Homens – AL. Ele traz a droga de Nossa Senhora da Glória – SE, cidade onde está envolvido no homicídio de Júlio da Baixa Limpa. Nessa ocorrência, o seu parceiro, Amaral, morreu em confronto com a polícia, ficando preso o Luciano, irmão do finado Amaral. Essa quadrilha seria comandada por Avânio Feitosa, de Belo Monte.

COSME FALCÃO 

DOS SANTOS

COSME BOIADEIRO

- Matou José Gilmar dos Santos, no dia 02/11/2014, na cidade de Batalha.  A vítima falava mal dos Boiadeiros no reduto eleitoral da família, Povoado de Santa Luzia (Funil), cidade de Batalha

- Matou um indivíduo não identificado no trecho de AL-220, que dá acesso à cidade de Major Izidoro, porque a vítima teria desavença com a família Boiadeiro.

MÉRCIA CAVALCANTE 

TARGINO 

MÉRCIA BOIADEIRO

- Foi presa, no dia 12/06/2006, por posse irregular de munição de arma de fogo.

- Mandou matar Antônio Paulo da Silva, 30 anos, vulgo Xoxu, no dia 29/12/2012. na cidade de Batalha. Quem executou foi José Valdete do Carmo Mendes. A ordem teria sido efetuada porque Antônio não havia votado em Neguinho Boiadeiro.

- É proprietária da fazenda Uberlândia, no Povoado de Pau Ferro, cidade de Batalha, local onde acontece a prática de crime de trabalho escravo, gerenciado por Reinaldo Martins Viana, vulgo Dandô, que matou um funcionário-escravo, por tentar fugir da fazenda. Crime encomendado por Mércia. Reinaldo foi preso, mas fugiu da Delegacia Regional de Batalha com apoio financeiro de Neguinho Boiadeiro que teria “comprado” sua fuga. O fugitivo se encontra até hoje gerenciando a mesma fazenda, na função de feitor, vigilante dos trabalhadores escravos.

JOSÉ LAÉRCIO RODRIGUES DE MELO

LAÉRCIO BOIADEIRO

- Matou o ex-prefeito de Batalha, José Rodrigues Dantas, conhecido como “Zé Miguel”, e sua esposa, Matilde Tereza Toscano de Souza, em 1999.

- Participou de duplo homicídio, no povoado de Folha Miúda, cidade de Craíbas – AL no dia 12/08/2013, onde vitimou Eduardo Messias de Araújo, policial militar, e Alaide Mendes de Araújo. Corpos queimados no veículo das vítimas. 

O filho do casal vitimado seria testemunha de chacina cometida pela quadrilha dos Boiadeiros, num assentamento sem-terra, em Girau do Porciano. Vítimas: José Florentino da Silva, 60 anos, seu filho Linderlei Florentino da Silva, o cunhado José Manoel dos Santos e a irmã, Janicléia Manuel dos Santos. 

Possivelmente, as armas usadas nesse crime foram apreendidas numa operação policial que deteve Alvanir Barbosa Lima, no dia 10/03/2016.

- Matou José Fábio da Silva (Fabinho do Posto), 28 anos, no povoado de Folha Miúda, cidade de Craíbas, no dia 11/01/2016. 

A vitima teria vendido um posto de gasolina a um ex-reeducando, compadre de Neguinho Boiadeiro, e, em seguida, teria inaugurado outro para concorrer.

TIAGO ROCHA FERREIRA, TIAGO PITÚ

- Foi preso por roubo, no dia 11/08/2010, em Arapiraca-

 Foi preso por porte ilegal de arma de fogo, no dia 12/07/2006 na cidade de Arapiraca.

- Matou Charliton Harryson Barbosa da Silva, num falso assalto na cidade de Olivença. 

CRISTIANO ROCHA 

FERREIRA

CRISTIANO BOIADEIRO

- Preso por porte ilegal de arma de fogo, na cidade de Arapiraca, no dia 24/06/2008

- Foi preso pela Polícia Civil por roubo a banco, no dia 28/02/2012, em Arapiraca.

CARLOS ALBERTO 

SCHIENKE DE 

ALBUQUERQUE MELO

CARLINHOS BOIADEIRO

- Foi preso por porte ilegal de arma de fogo na cidade de Arapiraca, no dia 12/07/2006.

- Em 19/07/2009, foi preso por tentativa de homicídio contra Charliton Harryson Barbosa da Silva e Jane Keila Vitor Alcântara, na cidade de Santana do Ipanema-AL. Posteriormente, Charliton Harryson Barbosa da Silva seria assassinado pelo Carlinhos Boiadeiro.

- Matou Carlos Evandro Alves Dias, em março de 2007, em Maceió.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia