Acompanhe nas redes sociais:

21 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 961 / 2018

06/03/2018 - 11:06:33

Meio Ambiente

Sofia Sepreny Estagiária sob supervisão da Redação

Alerta de desastres naturais

Os estados das regiões Norte e Nordeste passam a contar a partir da próxima segunda-feira, 5, com o serviço do sistema de alerta de desastres naturais via mensagens de texto (SMS). O objetivo é prevenir e orientar as pessoas quanto aos procedimentos que devem ser adotados diante do risco de inundações, alagamentos, temporais ou deslizamentos de terra, entre outras ocorrências. O sistema envia o alerta por mensagens de texto para os celulares em caso de iminência de desastres naturais. O envio das mensagens ficará a cargo do Cenad (Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres) e Defesa Civil dos estados e municípios. A partir do próximo ano, a implantação deverá ocorrer gradualmente para outras regiões.

Multas ambientais

A bacia do Rio São Francisco será a primeira a receber recursos do programa de conversão de multas do Ibama, uma ação que converte punições financeiras aplicadas pelo órgão em financiamento de ações para recuperação ambiental. Além do São Francisco, que concentra extensas áreas de degradação entre Minas Gerais e Bahia, o programa vai incluir ações de recuperação para trechos da Bacia do Rio Parnaíba, entre Piauí e Maranhão. A Petrobras, que concentra um dos maiores passivos de multas já aplicadas pelo Ibama, já sinalizou interesse em aderir ao programa. O Ibama não comenta o assunto, mas a expectativa é de que cerca de R$ 300 milhões da petroleira possam ser aplicados em programas de recuperação do Rio São Francisco.

Aves em cativeiro

Uma operação realizada nos municípios de Rio Largo, Maribondo, Arapiraca e Campo Alegre apreendeu 151 aves em cativeiro, entre elas espécies como maracanã, azulão, galo-de-campina e papa-capim. Os animais foram conduzidos pela Polícia Ambiental para a sede do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), em Maceió, onde passarão por triagem para posteriormente serem reinseridos à natureza.

Carro a diesel

A corte federal alemã decidiu autorizar cidades a restringir carros movidos a diesel com alto índice de poluição. A medida pode desvalorizar 12 milhões de veículos no maior mercado de automóveis da Europa e forçar as fabricantes a realizarem mudanças de alto custo nos veículos. Com a decisão, as cidades estão permitidas a vetar os carros a diesel mesmo sem uma regra nacional sobre o tema. Existe um movimento global contra o uso de veículos a diesel desde que a Volkswagen admitiu uma fraude de emissões em carros com este tipo de combustível no escândalo que ficou conhecido como Dieselgate.

Matança de abutres

Cerca de 80 abutres-de-rabadilha-branca e sete abutres-de-capuzes foram mortos em Moçambique com uma carcaça de elefante envenenada. A primeira dessas espécies está em perigo crítico de extinção. Os praticantes da caça ilegal de elefantes e outros animais costumam matar essas aves para uso na medicina tradicional. Os abutres também denunciam a localização dos animais mortos ilegalmente, já que sobrevoam e se alimentam das carcaças. Uma organização ambientalista também disse que algumas das aves foram mutiladas. 

Seca monitorada

A Região Nordeste conta com o Monitor de Secas para acompanhar o ciclo de estiagem e melhorar a política e a gestão dos problemas decorrentes da escassez de chuva. As informações são atualizadas mensalmente. O modelo foi baseado no Monitor de Secas dos Estados Unidos, desenvolvido pelo Centro Nacional de Mitigação de Secas dos EUA (NDMC). O equipamento sistematiza o processo com uma metodologia bastante simples: usar indicadores de secas que são consagradas em nível mundial e classificar a seca em classes de severidade. Com o monitor, é possível saber quais regiões estão sendo mais afetadas e conseguir traçar uma tendência de evolução da seca. 

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia