Acompanhe nas redes sociais:

12 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 960 / 2018

27/02/2018 - 16:27:03

Gratidão ao monsenhor Pedro Teixeira

JUAREZ MIGUEL

Registro que o reconhecimento ao monsenhor Pedro Teixeira não se cinge a formalismo social, mas traduz o reconhecimento àquele que –, ao longo do viver no sagrado ofício –, sempre incorporou o papel de sacerdote dos aflitos.

Nas Igrejas do Espírito Santo e de S. Lucas, exerce zeloso ministério.

Em ambas, nas homilias, delineia as transcendentais lições do Senhor da Vida.

Fazê-lo é o imperativo sacerdotal de quem clama pela plenitude do valor justiça –, coirmã da paz –, bradando ao céu por uma vida de justiça como ensina o Sermão das Montanhas: bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça!

No eco de suas didáticas pregações evangélicas, segue o aludido missionário cristianizando os corações dos pecadores.

Nessa reflexão, está o epicentro dos grandes porquês que afligem a dignidade da pessoa humana nos graus espiritual e ético-moral.

Sempre optando pela magna causa dos pobres, os assiste nas crônicas necessidades, lenindo os problemas mais cruciais da assimétrica parcela social que, à mercê das impostergáveis políticas públicas e da gélida sensibilidade humana, vêm perecendo pela ausência de uma realidade social justa e fraterna. Isto aponta para uma metástase moral que corrói a dignidade da pessoa humana.

Em síntese, outra não é a exemplar ação que empreendeu na Casa dos Pobres de Maceió, ao cuidar dos idosos com paterno acolhimento.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia