Acompanhe nas redes sociais:

13 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 957 / 2018

30/01/2018 - 15:54:22

Lula lá...na cadeia

ELIAS FRAGOSO

A América Latina parece não ter mesmo jeito. Há 6 décadas países como Coreia do Sul, Cingapura, China e outros conhecidos hoje como tigres asiáticos tinham renda per capita equivalente a 1/6 da brasileira. Nesse breve espaço de tempo, com tenacidade e seriedade não só nos ultrapassaram como caminham céleres para fazer parte (a China e a Coreia do Sul já chegaram lá) da comunidade dos países desenvolvidos.

 A Argentina, que nos anos seguintes à Segunda Guerra Mundial era um país desenvolvido com alta renda per capita, maior até que a dos Estados Unidos e, ao lado de Canadá e Austrália, despontava como uma nação de futuro brilhante. Qual o que.  Conseguiu em menos de 5 décadas caminhar seguramente rumo ao abismo econômico e à pobreza social. 

É que nos anos 50 eles resolveram eleger o Lula deles, Domingos Perón, militar e esquerdista-populista. Foi a “senha” para o país de primeiro mundo celeremente se tornar de terceiro mundo. A Venezuela é a segunda maior produtora de petróleo do mundo, mas em apenas uma década de governos esquerdistas-populistas está literalmente quebrada, com seu povo passando fome. Na Polônia há pouco mais de 2 décadas, logo após a libertação do país do jugo soviético, o povo elegeu para presidente um líder dos trabalhadores, Lech Walesa. Em cinco anos, a produção regrediu drasticamente, o desemprego dobrou, a corrupção explodiu e Walesa deixou Varsóvia sob protestos. Alguma semelhança por aqui?

O Brasil sofre há 3 décadas nas mãos de políticos corruptos. Nos anos do petismo no poder, o país foi à bancarrota. Tivemos a maior recessão de todos os tempos. A maior camarilha de políticos salafrários (de todos os partidos) liderada pelo agora réu e maior corrupto da história do Brasil, saqueou impiedosamente a Nação. Nunca em tempo algum, jamais se viu tamanha pilhagem. A estrutura econômica do país foi destroçada. 13 milhões de desempregados.

E o meliante condenado a 12 anos de prisão por uma impecável decisão técnica unânime do TRF-4 ainda teve a ousadia de dizer que, por conta daquela nobre e irretocável decisão, “o povo brasileiro foi condenado”. Quem foi condenado, cara pálida, foi você. E o foi por soberba deliberação jurídica que desnudou quem você é e todas as suas mentiras, filigranas e sofismas tentados ao longo do processo (vem aí outras condenações). 

Venho afirmando modestamente neste espaço que esse calhorda, assim como seu partido, não passará de 15% dos votos nas próximas eleições. A eleição de 2016 é o termômetro sinalizador disso: o PT encolheu 70% em termos de voto com relação a 2014. E de lá para cá, apeados do poder e das fontes de recursos públicos e com um impressionante cartel de condenações de todas as suas principais lideranças como esse ladrão de grosso calibre pretende se arvorar de “dono” dos votos brasileiros?! Pesquisas? Até a Velhinha de Taubaté do Veríssimo sabe como os resultados são fabricados...

O país cansou das experimentações da esquerda brasileira e seu discurso retrógado a lá anos 50 que nos deixou cada vez mais para trás das nações desenvolvidas. O brasileiro quer crescimento. Desenvolvimento. Primeiro mundo. E não roubo e subdesenvolvimento.

E esses (políticos) que aí estão, nos querem atrasados, semianalfabetos, pobres e dependentes. Definitivamente a Nação se divorciou dessas figuras que só não serão varridos da vida pública, porque nossa fétida legislação eleitoral e a proteção assegurada pela corrupção ativa que ainda persevera no pais não os deixarão à mão.

O brasileiro na verdade torce para que façam companhia ao “ilustre” ex-presidente. Na cadeia.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia