Acompanhe nas redes sociais:

20 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 955 / 2018

16/01/2018 - 11:14:03

ABC DO INTERIOR

Conversa de 

bastidores

Dos 17 vereadores de Arapiraca, cinco estão na oposição: Rogério Nezinho, Sérgio do Sindicato, Moisés Machado, Léo Saturnino e Fábio Henrique. O estranho é que mesmo se contrapondo à administração municipal, Léo Saturnino foi eleito antecipadamente para presidência da Casa, biênio 2019 e 2020.

Eleições antecipadas

Como explicar um feito desse é que é complicado. Vale lembrar, no entanto, que na época em que foi eleito, os 17 vereadores não se entendiam com o chefe do Executivo, Rogério Teófilo, que, diga-se de passagem, não moveu um dedo para interferir na decisão dos vereadores.

Hoje, contudo, a situação é outra e nos bastidores já falam numa contestação jurídica para anular o pleito antecipado.

Justiça decide

A maioria dos vereadores da situação é pela reeleição da presidente Graça Lisboa. Isso é fato.

Pelo andar da carruagem, se não houver um entendimento entre os 17 vereadores o caminho será jurídico, a exemplo do que aconteceu em algumas cidades onde a Justiça se posicionou contra a antecipação das eleições para a Mesa Diretora das Câmaras. 

Eleições 2018

Mas no fundo essa pendenga passa mesmo pelas eleições estaduais desse ano, já que de um lado está o PMDB de Renan Calheiros e do outro o PSDB do prefeito Rogério Teófilo.

Ligados a Luciano

E os cinco vereadores da oposição têm ligações estreitas com o vice-governador Luciano Barbosa, adversário político do atual prefeito arapiraquense e que já anunciou que colocou o cargo à disposição do partido para acordos futuros que proporcionem a reeleição do governador.

De olho na                  Assembleia

Pelo menos dois vereadores de Arapiraca já anunciaram apoio à pré-candidatura para deputada estadual da ex-prefeita Célia Rocha, atual presidente estadual do PTC. São eles: Léo Saturnino (PMDB) e Fábio Henrique (PCdoB), que foram respectivamente o terceiro e quarto vereadores mais votados em 2016.

Estão com Célia

Os dois já tem trabalhado o nome da ex-prefeita junto às lideranças políticas e em comunidades do município e de outras cidades da região. A dupla é vista regularmente em atividades e trabalhos realizados em parceria. 

Quem são

Leo Saturnino é herdeiro político do ex-vereador Adalberto Saturnino e desfruta de bom relacionamento sobretudo junto às bases políticas e população da área rural. Já Fábio Henrique estreou com muita simpatia do eleitorado jovem e tem se mostrado firme em sua atuação na Câmara.

Inferno astral

Em ascensão política, o ministro Marx Beltrão está na mira de gente poderosa e por isso voltou a ser alvo de denúncias envolvendo a sua atuação como prefeito de Coruripe. Na linha de fogo de políticos que querem vê-lo fora do páreo na disputa por uma cadeira no Senado Federal, Beltrão está vivendo um verdadeiro inferno astral.

Nove ações

Vejamos: release do MPF/AL informa que por meio do Núcleo de Combate à Corrupção em Alagoas, ajuizou nove ações por improbidade administrativa contra 29 pessoas físicas e mais de 25 pessoas jurídicas, em decorrência das investigações desenvolvidas no âmbito da Operação Suseranos, deflagrada em 2012 pela Polícia Federal (PF) em conjunto com a Controladoria Geral da União (CGU), Tribunal de Contas da União (TCU) e o MPF, para apurar fraude em licitações, má administração de recursos públicos federais da educação, lavagem de dinheiro e corrupção ativa e passiva, ocorridas no município de Coruripe, durante os anos de 2011 e 2012.

Já sabe

E a matéria da edição do Fantástico do último domingo? O próprio ministro assegura que se trata de uma matéria requentada, que teve o dedo de políticos alagoanos que provocaram a situação para “queimá-lo” politicamente. Marx já afirmou que sabe quem são os mentores que trabalharam nos bastidores para prejudicar a sua pré-candidatura ao Senado. “Não vou desistir. Já sei quem são esses personagens e em estou em busca de provas para denunciá-los”, afirmou o ministro do Turismo.

PELO INTERIOR

... Ainda de acordo com release do MPF, o ex-prefeito Marx Beltrão e a ex-secretária municipal de educação Jeannyne Beltrão respondem a nove ações por improbidade. 

... Já o então diretor de Compras Francisco Beltrão e a procuradora municipal Carla Beltrão respondem a oito ações. Outros servidores públicos municipais, empresários e empresas que atuaram em conjunto para fraudar licitações, desviando recursos públicos federais da educação, respondem pela respectiva participação em cada caso concreto.

... Em 2017, a deputada estadual Thaise Guedes (PMDB), pautou seu mandato em buscar melhorias para as áreas de acessibilidade, saúde, educação, infraestrutura, mobilidade urbana, pavimentação asfáltica, segurança, atenção aos idosos, jovens e crianças, entre outros temas. 

... Para isso, a parlamentar apresentou 36 indicações, além de 25 projetos de lei - o maior número de proposições feito na Assembleia Legislativa durante o ano. 

... Entre os PLs, estão a proposta de instituir a semana estadual que visa ampliar e incentivar a doação de medula óssea; a instalação de sistemas de captação de água da chuva nas escolas estaduais e a isenção da carga tributária de ICMS sobre os equipamentos de adaptação, acessibilidade e locomoção para pessoas com deficiência física, mental ou visual. Abordando assuntos variados, todos os projetos podem ser lidos na íntegra através do site da ALE (www.al.al.leg.br).

... Com 7segundos - Alguns donos de imóveis localizados em Arapiraca, a capital do Agreste alagoano, poderão pagar duas taxas relativas à iluminação pública. A mais recente polêmica que envolve a gestão do prefeito Rogério Teófilo repercutiu nas redes sociais nesta terça-feira (09), após entrevista da superintendente municipal de iluminação pública, Bianca Oliveira, ao radialista Ailton Avlis (Pajuçara FM).

... Aos nossos leitores, desejamos um excelente final de semana, com paz e muita saúde. Até a próxima edição! 

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia