Acompanhe nas redes sociais:

15 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 952 / 2017

20/12/2017 - 08:37:41

Meio Ambiente

Sofia Sepreny da Costa

Nova reserva 

Foi criada uma nova Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) localizada no município de São Miguel dos Campos e fará parte do Mosaico de RPPNs do Litoral Sul. RPPN é um tipo de unidade de conservação criada em propriedade privada, de acordo com a vontade do seu dono. O mosaico será formado ainda por outras sete reservas, passando pelos municípios de Marechal Deodoro, Barra de São Miguel e São Miguel dos Campos, numa extensão de 971 hectares. 

Pinguim 

Um fóssil de pinguim gigante foi descoberto na Nova Zelândia. O animal de 1,77 m e 100 kg, descoberto na Ilha do Sul da Nova Zelândia, teria vivido entre 55 e 60 milhões de anos atrás, no Paleoceno. O desaparecimento desses pássaros gigantes da superfície do globo continua sendo um mistério.

Recorde de incêndios 

Com 270.479 focos de incêndio, 2017 já é o recordista em número de queimadas de toda a série do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), iniciada em 1999. E o ano nem acabou. Na comparação com todo o ano passado, já há um aumento de 44% no número de focos de calor.

Novas espécies de tamanduá 

Seis novas espécies do tamanduá-anão, um mamífero que vive nas florestas tropicais da região amazônica e da América Central, foram descobertas por cientistas. O pequeno animal, também conhecido como tamanduaí, ou tamanduá-seda, era classificado originalmente em uma única espécie (Cyclopes didactylus). O estudo, publicado na revista científica Zoological Journal of the Linnean Society, foi liderado pela zoóloga Flávia Miranda, coordenadora da ONG Projeto Tamanduá. A equipe de cientistas analisou 33 amostras de DNA e examinou mais de 280 espécimes do raro mamífero em coleções de museus de diversos países.

Lixo na Pajuçara 

Todos sabem que descarte irregular de lixo é um mal para a própria população. Um canteiro em uma avenida da Pajuçara virou depósito de lixo e moradores da região estão pedindo colaboração da sociedade e da prefeitura. Trata-se da Avenida Jangadeiros Alagoanos onde são encontrados restos de construção, vaso sanitário, bagaço de cana-de-açúcar misturados aos resíduos domésticos. Apesar de a coleta de lixo domiciliar ser feita diariamente, a limpeza de canteiros é feita uma vez na semana, então a Superintendência de Limpeza Urbana de Maceió (Slum) pede colaboração da população para o correto descarte.


Água Doce 

O Ministério do Meio Ambiente efetuou o repasse de mais R$ 2,6 milhões para execução do Programa Água Doce no estado de Alagoas, como parte da quarta parcela do convênio assinado em novembro de 2011. Trata-se de um convênio formalizado entre a Secretaria de Recursos Hídricos e Qualidade Ambiental do MMA (SRHQ/MMA) e a Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Alagoas (Semarh/AL), que visa ao estabelecimento de uma política pública permanente de acesso à água de boa qualidade para o consumo humano.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia