Acompanhe nas redes sociais:

14 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 951 / 2017

08/12/2017 - 12:43:02

Cooperativa dos Usineiros não paga funcionários há 3 meses

Presidente da entidade passeia pela Europa enquanto Delegacia do Trabalho faz devassa nas contas da cooperativa

Maria Salésia [email protected]
Jorge Toledo faz tour pela Europa e deixa trabalhadores sem salários

Funcionários da Cooperativa Regional dos Produtores de Açúcar e Álcool de Alagoas, que estão há mais de três meses sem receber salário, denunciaram o descaso à Superintendência Regional do Trabalho e pediram providências. Na semana passada, auditores do órgão realizaram fiscalização no local e comprovaram atraso salarial e falta pagamento do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

Segundo a assessoria dos auditores do trabalho, a fiscalização vem atuando nesta questão. Inclusive, na sexta-feira 8, iria acontecer uma reunião, mas devido ao feriado foi adiada para a próxima semana.

Um membro do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria do Açúcar de Alagoas afirmou que atrasos salariais acontecem constantemente em algumas unidades. Mas, de acordo com ele, “através de diálogo e cobrança a gente reverte a situação”.

E relembra que as usinas em recuperação judicial têm por obrigação após o dia 24 de outubro, data da decretação da recuperação, cumprir com suas obrigações rigorosamente em dia. “Estamos acompanhando de perto”, disse. 

Vale ressaltar que na lista de usinas que entraram em recuperação judicial estão a Destilaria Porto Alegre (Colônia Leopoldina); Sinimbu (Jequiá da Praia); Sumaúma (Marechal Deodoro); Paisa (Penedo); Capricho (Cajueiro); Seresta (Teotônio Vilela) e Porto Rico (Campo Alegre).

TOUR EUROPEU

Enquanto auditores do Trabalho fazem devassa nas contas da Cooperativa dos Usineiros, o presidente da entidade, Jorge Toledo, passeia pela Europa, desfrutando das maravilhas do Velho Mundo. O fato foi registrado em postagem de sua página no Facebook, o que revoltou dezenas de funcionários que estão sem salário e sem data para receber.

O que chama a atenção é que Toledo é dono de uma das sete usinas que pediram recuperação judicial.

A história da Cooperativa Regional dos Produtores de Açúcar e Álcool de Alagoas vem de longa data. Tudo começou em 6 de outubro de 1933, quando foi constituída a Comissão de Vendas dos Usineiros de Alagoas. 

Com o Decreto-lei 5.893, de 19 de outubro de 1943, do governo federal, regulamentando o funcionamento das cooperativas no País, a Comissão de Vendas foi substituída, em 17 de dezembro de 1943, pela Cooperativa dos Usineiros de Alagoas.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia