Acompanhe nas redes sociais:

18 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 949 / 2017

23/11/2017 - 17:19:10

Grife de luxo beneficia Alagoas com doação de alimentos

Estado com o pior IDH do Brasil tem 125 instituições beneficiadas

Sofia Sepreny Estagiária sob supervisão da Redação
Santa Rosa de Lima entre as instituições beneficiadas pela campanha desenvolvida pela Reserva

A força da solidariedade pode mudar o mundo, e é com esse propósito que uma marca de roupas distribui pratos de alimento no estado de Alagoas, onde o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) é o pior do País, segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

O projeto 1P5P (Uma peça, 5 pratos) é uma iniciativa da Reserva, e surgiu da necessidade de fazer algo efetivo pela sociedade. Reserva é uma marca de roupas masculina, que surgiu no Rio de Janeiro e hoje tem lojas em quase todos os estados brasileiros. O funcionamento do processo se dá através da venda dos produtos da grife. A cada peça vendida nas lojas físicas ou no e-commerce (loja virtual) da Reserva e da Reserva Mini, cinco pratos de comida são doados às instituições que fazem parte do Projeto Mesa Brasil do Sesc (Serviço Social do Comércio)

O Centro de Formação Santa Rosa de Lima, em Marechal Deodoro, é uma das diversas instituições beneficiadas por esse projeto. O centro é uma organização não governamental que acolhe crianças e adolescentes em situação de rua, de risco e de necessidade extremas. Questionada sobre o benefício gerado graças à marca e o Mesa Brasil, a irmã Giovanna, responsável pela instituição falou da economia na compra de alimentos que a instituição tem desde quando essa parceria foi firmada.

“A gente recebe frutas e verduras de 15 em 15 dias, a depender da época do ano recebemos macaxeira, inhame, batatas, produtos que não podemos comprar, o que nos ajuda muito na nutrição de todos. Quanto maiores os repasses, mais economia para nós, mais ajuda para essas crianças, e mais comida na mesa”, destaca.

Apesar da empresa não ter nenhuma loja em Alagoas, o espirito de solidariedade através desta “ponte” com o Sesc traz esperança de melhorias no estado com o pior IDH do País. O projeto foi criado em maio 2016 e desde então já viabilizou a entrega de mais de 13 milhões de refeições no estado de São Paulo. A empresa identificou a carência do estado e decidiu ampliar o projeto, que têm como foco principal o combate à fome. 

São 126 instituições beneficiadas no estado. Apenas no mês de outubro, a Reserva doou para Alagoas 4 toneladas de carne. No Brasil são 52 milhões de pessoas que vivem em insegurança alimentar e 7 milhões passam fome; no Nordeste, atualmente 23 milhões vivem nessa situação.

“Em apenas um ano e meio nunca pensei que atingiríamos um número tão importante e obviamente meu desejo era sempre expandir. Poder chegar a Alagoas, uma praça que nem temos loja ainda, mas tem tanta necessidade, é um orgulho muito grande para nós”, diz Rony Meisler, CEO do Grupo Reserva.

Com um repasse financeiro mensal da Reserva, o Programa Mesa Brasil, recolhe doações e compra alimentos que não são doados com tanta frequência, como carne bovina, arroz e feijão, o que possibilita a complementação de refeições e a melhoria da qualidade nutricional da alimentação de milhares de pessoas. 

De acordo com a assessoria de imprensa da marca, uma ideia como essa pode estimular outras empresas a se solidarizarem da mesma maneira “Nossa ideia não é acabar com a fome no País, até porque sabemos que sozinhos isso é muito difícil. Mas queremos, sim, ter um impacto positivo na vida das pessoas e incentivar outras empresas a fazerem o mesmo”.

fome e miséria

Alagoas há muitos anos lidera este ranking vexatório de pior IDH do País. Considerando as mesmas dimensões do IDH Global (longevidade, educação e renda) são diversos os municípios do estado que reinam na fome e na miséria. No que se refere à saúde e mortalidade infantil, as taxas não ficam muito atrás dos péssimos índices de condições sanitárias de educação e de renda.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia