Acompanhe nas redes sociais:

21 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 939 / 2017

18/09/2017 - 14:59:23

Jovem ministra palestra motivacional por todo o País

Alagoas recebe Augusto Aielo, fundador de três startups

Maria Salésia [email protected]
Augusto Aielo percorre o País dando dicas a jovens que querem montar o próprio negócio

O jovem Augusto Aielo de 26 anos percorre o Brasil com sua palestra motivadora e dando dicas de como empreender. Esta semana, foi a vez de Alagoas receber o profissional que já alcançou mais de 15 mil pessoas. De Águas da Prata (SP), com formação em administração, engenharia civil, pós graduação em gestão de negócio aplicando estratégia militar, Augusto faz um convite ao público, especialmente o jovem, que se sente incomodado com a situação atual para fazer a diferença, sair do modo automático de viver. No encontro, ele oferece a oportunidade de os participantes não serem apenas coadjuvantes, mas sim protagonistas de suas vidas.

Durante a palestra, conta sobre sua trajetória empreendedora, de como saiu do patamar de jovem aprendiz e se tornou empreendedor com apenas 24 anos de idade. Ele aproveita ainda para aprofundar as principais características do empreendedor e compartilhar como foi a experiência de “quebrar” uma empresa e de hoje ter três empresas bem encaminhadas. Augusto gosta de brincar que, em sua carreira, já fundou três empresas e afundou uma. Também fala sobre os três passos para a grandeza: Coragem, Atitude e Persistência.

 O encontro é dinâmico e deixa no participante a vontade do quero mais. Seu grande diferencial é de ser um bate-papo de jovem para jovem, de igual para igual. “Quero que os jovens que assistem minhas palestras acreditem mais neles. Hoje a competição é gigante e a cobrança em cima deles é maior ainda, o que acaba gerando desmotivação e desânimo. Quero que isso mude, que eles corram atrás do que desejam e que lutem de verdade para serem felizes”, ensina o palestrante.

 Na verdade, o objetivo é motivar a ação empreendedora que pode ser empresarial, social ou intraempreendedora. Ele faz um comparativo e mostra que a empresarial é quando uma pessoa tem um sonho de abrir uma empresa, um negócio, ou até mesmo lançar um produto. Criando este com inovação e diferenciais competitivos. A social, por sua vez, se dedica a uma causa maior que ganhos financeiros, participando de uma ONG (organização não governamental), instituto ou até mesmo uma empresa do setor 2.5. Já a intraempreendedora é quando uma pessoa constrói uma carreira sólida e de crescimento dentro de uma empresa. Ela se dedica como se a empresa fosse dela, trazendo benefícios como novos negócios ou economia de custos.

 Empreender não é tarefa fácil. Segundo ele, o primeiro passo é a coragem para se arriscar. E aponta que não existe cenário 100% seguro no empreendedorismo, e isso traz muita insegurança para as pessoas. Mas nada que é fácil traz grandes resultados. “ A pessoa deve se dedicar ‘o extremo, apreender sobre a área da qual quer trabalhar e ‘suar a camisa” mais do que qualquer outra pessoa. Por isso, é importante gostar do trabalho no qual quer empreender, pois assim as horas de dedicação não serão cansativas, mas sim desafiadoras e gratificantes”, ensinou.

CHAVE PARA O SUCESSO

Quando questionado sobre como ser um empreendedor de sucesso avisou: “Não sou muito fã da palavra sucesso, pois sempre que as pessoas pensam a respeito fazem a ligação com dinheiro, com o fato de ser rico. Eu acredito que ser um empreendedor de sucesso é fazer projetos que impactam a sociedade, que geram orgulho pelo trabalho que você faz, que consigam dar atenção à família e gastar dinheiro com as ações que ama, como viajar e comer bem. Eu acho que para chegar nesse resultado é preciso abrir mão de muitos costumes atuais, se arriscar sempre (mas com planejamento) e principalmente muito suor”

Augusto é fundador de três startups. Soul Urbanismo: sua principal empresa – realizadora de parklets, que são uma nova tendência para a melhoria dos espaços públicos nas cidades.  A Eu Grande, empresa que busca disseminar a cultura empreendedora por todo o Brasil (e quem sabe um dia pelo mundo) e Bunkka, uma empresa em desenvolvimento que leva eventos a espaços públicos, convidando as pessoas a utilizá-los e se apropriarem. 

“Já fui recebido por grandes instituições como USP, Fundação Estudar, Google e Votorantim (dentre outros disponíveis em seu site ww.augustoaielo.com.br)”, além de palestrar de Norte a Sul do país.

Na quarta, 13, a palestra aconteceu na Faculdade Pitágoras, em Maceió, ontem na Ufal Arapiraca e na Inova Contec. Nesta sexta-feira, 15, às 8h30, a  palestra acontece dentro da Semana do Administrador do Ifal, em Santana do Ipanema.


Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia