Acompanhe nas redes sociais:

16 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 939 / 2017

14/09/2017 - 21:44:17

Gleysson Cardoso emprega 18 parentes na Prefeitura

Prefeito mantém a tradição dos Ferro; licitação de água e gás também sob suspeita

Vera Alves [email protected]
Gleysson Ferro sucedeu a tia e manteve as mesmas práticas

Seguindo a tradição da família Ferro em Minador do Negrão, o prefeito Gleysson Correia Cardoso Ferro mantém ao menos 18 parentes em cargos públicos e estratégicos da administração municipal, incluindo sua antecessora e tia, Maria Socorro Cardoso Ferro. São irmãos, tios, primos, o sogro e até uma sobrinha que, segundo opositores, seria menor de idade mas ocupando o cargo de supervisora educacional.

O nepotismo é uma prática rotineira nas gestões de Minador. Gleysson, contudo, conseguiu superar a tia que mantinha como seus auxiliares nove parentes. O fato foi denunciado em 2015 pelo jornal EXTRA DE ALAGOAS, cuja reportagem pode ser conferida no endereço eletrônico http://novoextra.com.br/outras-edicoes/2015/853/20552/minador-do-negrao-sob-comando-de-parentes-e-aderentes-de-prefeita.

Confira a lista de parentes e aliados do prefeito, 

respectivos cargos e salários

1- PAULO JORGE CARDOSO FERRO - Tio do prefeito - Assessor Executivo de Assunto Estratégico  R$ 1.725,00

2-  NADJA CARDOSO FERRO LEMOS - prima de 1º grau do prefeito - Chefe do Departamento de Administração – R$ 2.300,00

3-  RICARDO JOSÉ CARDOSO F ALMEIDA - primo de 1º grau do prefeito – secretário de Transporte e Urbanismo – R$ 2.300,00

4 - NIELLY CARDOSO FERRO - prima de 1º grau do prefeito - enfermeira -  R$ 4.923,39

5- GIRLENA CARDOSO FERRO - prima de 1º grau do prefeito -  enfermeira R$ 4.281,50

6- KLEBER CARDOSO FERRO - primo de 1º grau do prefeito – enfermeiro – R$ 2.767,54

7-  LARISSA NOBRE LINS – médica - Programa PSF R$ 8.650,00

8- WALQUIRIA MACEDO CARDOSO FERRO - prima de 1º grau do prefeito – dentista – R$ 4.053,60

9- MARILIA CARDOSO FERRO - prima do prefeito – secretária de Educação – R$ 2.000,00

10- MARIA DE LOURDES CARDOSO FERRO - mãe do prefeito - Chefe do Departamento de Educação R$ 2.000,00

11- FÁBIO CORREIA CARDOSO FERRO - irmão do prefeito – Chefe de Gabinete – R$ 2.000,00

12- PAULO ITALO ARAÚJO CARDOSO - primo de 1º grau do prefeito – assessor executivo de Administração – R$ 2.000,00

13-  MICHAEL CARDOSO BARROS - primo de 1º grau do prefeito – procurador Municipal – R$  4.500,00

14- ADEMAR DUARTE COSTA JUNIOR - sogro do prefeito – Assessoria da Administração Pública – R$ 2.000,00

15- FELIPE GOMES CARDOSO FERRO - sobrinho do prefeito – secretário de Administração e Finanças – R$ 3.000,00

16-  MARIA DO SOCORRO CARDOSO FERRO - tia do prefeito e ex-prefeita – chefe do Departamento de Proteção – R$ 2.400,00

17- LYZANDRA CARDOSO CALIXTO*- prima do prefeito – supervisora educacional – R$ 1.500,00

18 - KEILA CRISTIANE DUARTE C FERRO – esposa do prefeito – nomeada em janeiro tesoureira do Fundo Municipal de Saúde - agente administrativo R$ 1.148,92 

Aliados 

1-ELTON HERINQUE TENÓRIO BULHÕES -  Presidente da Câmara de Vereadores -  Assistente de Secretaria CC-6 -  R$ 937,00

2-PEDRO HENRIQUE ARAÚJO BULHÕES - filho de Elton Bulhões – engenheiro civil – R$ 2.000,00

3-LAUCIA CARDOSO FERRO SILVESTRE - esposa do vereador Bento Monteiro- assistente de secretaria CC6 – R$ 937,00

4-JOSÉ MATHEUS CARDOSO SILVESTRE* - filho do vereador Bento Monteiro- assistente de secretaria CC¨- R$ 937,00 

5-LETÍCIA CARDOSO SILVESTRE - filha do vereador Bento Monteiro – atendente – R$ 937,00

*Ambos seriam menores de idade, mas o EXTRA não conseguiu confirmar esta informação

Licitação: muita água e muito gás

Não menos intrigante que o nepotismo em Minador é a licitação para aquisição de água e gás destinada a atender as secretarias e órgãos públicos da rede municipal. Um processo feito em menos de um mês e que chama a atenção não tanto pela celeridade, mas pela quantidade. 

No município de 5.413 habitantes, de acordo com a estimativa do IBGE divulgada em julho último, a Prefeitura de Minador do Negrão contratou a empresa Igaci Gás Ltda para o fornecimento de 54 mil garrafões de água e 1 mil botijões de gás. O contrato com validade de 12 meses firmado no dia 24 de março assinala que cada garrafão foi adquirido ao custo de R$ 5,40 e cada botijão de gás por R$ 64,50. Valor global: R$ 356.100,00. 

Atualmente, o gás e água no varejo na região de Igaci e Minador estão sendo comercializados, respectivamente, a R$ 60,00 e R$ 5,00 a unidade, conforme pesquisa feita pelo EXTRA na quinta, 14.

Difícil é acreditar que o gabinete do prefeito, as sete secretarias, as 20 escolas municipais (sendo uma creche) e as cinco unidades de saúde, que totalizam 33 prédios públicos, consumam 4,5 garrafões de água por dia, isto num cálculo que envolve cada um dos 365 dias do ano. 

Já em relação ao gás, os 1 mil botijões distribuídos pelos 33 prédios representariam 30 botijões para cada e 2,5 botijões por mês em cada órgão. Mas há um detalhe: o gabinete do prefeito e as secretarias funcionam apenas de 8 às 13h.  

OUTRO LADO

O EXTRA tentou ouvir o prefeito Gleysson Ferro sobre a prática de nepotismo e as suspeitas sobre a licitação de água e gás mas não obteve sucesso em nenhum dos números de celular que foram repassados ao jornal.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia