Acompanhe nas redes sociais:

17 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 936 / 2017

28/08/2017 - 19:14:34

Meio Ambiente

Sofia Sepreny da Costa

Multa menor para crime ambiental 

O ministro do Meio Ambiente,Sarney Filho, informou que o governo Temer editará nos próximos dias um decreto que permitirá a redução de até 60% no valor das multas por crimes ambientais. Os valores restantes devidos poderão ser pagos na forma de serviços como reflorestamento, recuperação de áreas degradadas e regularização fundiária de unidades de conservação. Segundo o ministro, os recursos arrecadados não estarão sujeitos a contingenciamento orçamentário, já que os devedores vão aplicar o valor das multas diretamente nos projetos.

Unidade de Conservação na Caatinga 

Com foco na preservação das riquezas naturais do Sertão alagoano, o Instituto do Meio Ambiente do Estado de Alagoas (IMA-AL) estuda a criação de uma nova Unidade de Conservação (UC) na microrregião de Santana do Ipanema. A criação da unidade na região se faz necessária para proteger os sítios arqueológicos e paleontológicos.

Finanças verdes 

Até 25 de agosto, a Iniciativa Financeira da ONU Meio Ambiente recebe inscrições para seus encontros regionais sobre negócios sustentáveis. Na América Latina e Caribe, evento acontece em Buenos Aires, dos dias 5 a 7 de setembro. Discussões terão a presença de executivos e especialistas das Nações Unidas para debater as chamadas “finanças verdes”. Participação é gratuita, mas os inscritos devem arcar com os custos da viagem. Mais informações podem ser conferidas no site http://www.unepfi.org/events/regions-events/latin-america-caribbean-events/la-agenda/

Parque sustentável

O plano para zerar as emissões de carbono no arquipélago de Fernando de Noronha (PE), tornando-o uma espécie de laboratório a céu aberto para produtos e projetos de baixo impacto ambiental, avançou mais uma etapa. O Parque de Soluções Sustentáveis, como está sendo chamado o conjunto de iniciativas a serem desenvolvidas na ilha, ganhou regras para implantação. Os esforços aplicados em Noronha estão em sintonia com uma meta mundial de redução das emissões de carbono e de controle do aquecimento global. O compromisso brasileiro é reduzir em até 43% as emissões até 2030.

Novas espécies de sapos 

Duas novas espécies de sapinhos, que cabem na ponta de um dedo, foram descobertas no topo de montanhas das cidades paranaenses de Piraquara e São José dos Pinhais, na Serra do Mar (SP). Além do tamanho reduzido, eles chamam a atenção por outras adaptações para a vida nas alturas: resistência ao frio e não sabem nadar, apesar de serem anfíbios. Ao longo de cinco anos, quatorze espécies de anfíbios foram descobertas na Mata Atlântica entre os estados do Paraná e Santa Catarina. 

Bicicletas da OMS 

A Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) disponibiliza 12 bicicletas aos funcionários de sua representação em Brasília (DF). Mais do que uma forma de lazer, a oferta de bikes no ambiente de trabalho pode ser uma estratégia para mobilizar funcionários a adotar hábitos benéficos ao meio ambiente e à própria saúde. Medidas como essa beneficiam não apenas o ambiente, mas também o trânsito das cidades.

Baleia encalhada 

Uma baleia da espécie minke encalhou morta na praia de Tatuamunha, em Porto de Pedras, na última quarta-feira (22). O mamífero, que mede aproximadamente 7,90 metros de comprimento, era uma baleia filhote fêmea.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia