Acompanhe nas redes sociais:

25 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 935 / 2017

20/08/2017 - 11:10:39

ABC do Interior

Roberto Baia

Lenha na fogueira

A secretária de Saúde de Arapiraca, Aurélia Fernandes, botou lenha na fogueira durante seu pronunciamento na audiência pública, realizada na terça-feira, 15, na Câmara Municipal arapiraquense.

Ex-secretária da pasta nas gestões de Luciano Barbosa e Célia Rocha, Fernandes fez uma revelação um tanto preocupante. Segundo ela, ao assumir o cargo se deparou com problemas de toda ordem, a exemplo de serviços executados pela Macri Construtora, que “recebeu 80% dos recursos, porém, só entregou 50% dessas obras”. 

Daí, fica no ar a pergunta: Quem surrupiou o dinheiro público? Uma boa pergunta que carece atenção do Ministério Público. Ou não?

Audiência pública

A denúncia de Aurélia acabou gerando um desconforto e indignação por parte dos vereadores durante a audiência pública.

Ainda em seu pronunciamento, Aurélia Fernandes fez questão de revelar dados nada abonadores na gestão do ex-secretário de Saúde, Ubiratan Pedrosa. Ela deixou claro que o número 1 da Saúde deixou um “rombo” de nada mais nada menos do que R$ 8 milhões, sendo R$ 3 milhões com fornecedores e R$ 5 milhões com prestadores de serviços.

Sem sal

Mas as “denúncias” de Aurélia Fernandes deixaram um sabor insosso para os vereadores de oposição, que aguardavam verdadeiras “bombas” na gestão conturbada do polêmico Pedrosa, que assumiu o cargo a pedido do senador Fernando Collor de Melo, aliado da ex-prefeita Célia Rocha.

Ao que parece, o “traque” de Aurélia não surtiu efeitos esperados. A expectativa, agora, é que as suas “ações” como secretária em governos passados venham à tona. 

Pelo menos é o que se comenta nos bastidores.

Vale o registro

Estiveram participando da audiência pública, Sérgio do Sindicato (PPS), Rogério Nezinho (PMDB), Leo Saturnino (PMDB), Fabio Henrique (PC do B), Fabiano Leão (PMDB), Edvanio do Zé Baixinho (PSL), Gilvânia Barros (PMDB), Professora Graça (PDT), Moisés Machado (PDT), Dr. Fábio (PR), Thiago Ml (PMN), Pablo Fenix (PRB), Willomaks da Saúde (PRP), Melquisedec de Oliveira (PRB), Jário Barros (PRP), Pastor Marcos Caetano ( PTC) e Sinielza Pessoa (PSD).

Fraudes em Traipu 

O prefeito de Traipu, Eduardo Tavares, protocolou duas representações, semana passada, no Ministério Público Federal (MPF), contra supostas fraudes praticadas por ex-gestores do município através da Secretaria de Educação de Traipu.

Uma delas pede a investigação para apurar se houve, de fato, desvio de dinheiro nos programas Mais Educação e Caixa Escolar. Já a segunda, solicita abertura de uma ação civil pública para investigar indícios de corrupção, que teria sido praticada com verbas destinadas ao Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) – encaminhadas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Os indícios

As supostas fraudes praticadas nos programas Mais Educação e Caixa Escolar ocorreram nos anos de 2015 e 2016, no âmbito da Educação do município, através de recursos que chegavam da União para ser gerenciados por diretores das unidades escolares da rede pública de ensino.

Recursos desviados

Há indícios de que agentes políticos - agentes públicos e pessoas alheias ao quadro de servidores -, além de alguns diretores escolares, junto a membros de comissões locais por eles chefiadas, faziam uso dos recursos financeiros disponibilizados pelo governo federal para outras finalidades, que não a aquisição de móveis e de utensílios. Na prática, a verba não foi utilizada para reformas de escolas, aquisição de material e utensílios escolares.

“Reunião”

Na noite de terça feira (15), na tribuna da Câmara Municipal de Arapiraca, o vereador Moisés Machado, afirmou que a presença da secretária de Saúde de Arapiraca, à Câmara, não passou de uma reunião, pois na plateia não tinha nenhum representante da sociedade civil organizada, tampouco, o Ministério Público. 

Funcionários

“Só os funcionários da Secretaria de Saúde fizeram parte desse encontro, que deveria ser uma Audiência Pública, porém, pareceu uma simples reunião”, disse Moisés Machado. Segundo ele, a secretária colocou uma questão preocupante que é a do “rombo” de R$ 8 milhões. 

“Ela disse que a Makri Construtora recebeu recursos públicos e só realizou metade dos serviços. É preciso que as autoridades, principalmente o Ministério Público tome providências, já que se houve improbidade por parte do ex-secretário Ubiratan Pedrosa precisa ser levado a sério e totalmente investigado”, completou Moisés.

Palmeira dos Índios

Depois de muita espera, agora, os moradores do prolongamento da Travessa Antônio Ribeiro e da Rua Luíza Tereza da Conceição, no bairro de São Cristóvão, têm um motivo para comemorar. 

Ontem (16), o prefeito Júlio Cezar, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura, assinou a Ordem de Serviço (OS) que dará início às obras de drenagem e pavimentação das duas ruas, além da calçada do cemitério São Gonçalo. A obra, que faz parte do programa Prefeitura em Ação, já contemplou outros bairros e ainda continuará em muitas ruas da cidade.

PELO INTERIOR

... A Câmara Municipal de Arapiraca realizou na noite de terça-feira (15), mais uma sessão ordinária, quando foi aprovada a implantação de albergue público destinado à população em situação de rua. 

... A indicação foi da vereadora Graça Lisboa (PDT), presidente da Mesa Diretora. Nos próximos dias a solicitação deverá ser encaminhada ao prefeito Rogério Teófilo (PSDB) e à Secretaria Municipal de Assistência Social e Políticas para a Mulher.

... Em sua justificativa, a vereadora disse que o município não dispõe de serviços específicos para atender à demanda cada vez maior de pessoas em situação de rua, o que muitas vezes obriga famílias inteiras a dormirem em calçadas e praças, tornando-as vulneráveis a todo tipo de risco.

... A vereadora solicitou providências para que o Poder Público proceda com a implantação de um albergue que também contemple a Assistência Social Municipal no atendimento desta parcela da população que vive às margens de cidadania plena.

...Na sessão, o Pastor Marcos Caetano voltou a cobrar da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), uma maior atenção aos usuários, onde existem comunidades que há mais de dois meses sofrem com a falta d’água. Ele questionou os investimentos da empresa para Arapiraca anunciados pelo governador Renan Filho, no valor de R$ 25 milhões, porém, até o momento, a deficiência no abastecimento de água continua constante.

... O prefeito de Pão de Açúcar, Flávio Almeida, participou de uma reunião com a pauta “concurso público”, na sede da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), com a presença de 14 gestores de várias regiões do Estado, todos interessados em realizar certames para preenchimento de vagas nos municípios.

... Através de um consórcio – ainda em fase de estudo - com a Fundação Universitária de Desenvolvimento de Extensão e Pesquisa (Fundepes), os prefeitos poderão realizar os concursos, de forma rápida e mais econômica, uma vez que a contratação desta modalidade – consórcio – barateia os custos para a realização das provas, aluguel de espaço físico e toda logística do certame.

... “Sem medir esforços, estamos trabalhando ao máximo para a realização do concurso em nossa cidade para o preenchimento de vagas na Educação. Hoje, nossa maior demanda é a contratação de professores. Queremos de uma vez por todas, sanar este problema que persiste há 8 anos. Iremos dar oportunidade para que todos possam participar do processo”, disse Flavinho.

... O prefeito Júlio Cezar, ao lado do ministro Marx Beltrão e do senador Benedito de Lira irão realizar a inauguração de várias obras da Prefeitura, nesta sexta-feira (18). 

... Entre elas está a entrega da Casa Azul, que é uma parceria do município com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE). Ela atende especialmente as crianças com autismo. 

... As inaugurações fazem parte das comemorações dos 128 anos de Emancipação Política do município, como conta o prefeito. 

... Ótimo final de semana para todos. Até a próxima edição! 


Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia