Acompanhe nas redes sociais:

25 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 932 / 2017

01/08/2017 - 18:28:01

Vamos ver se o ex-presidente tem razão

JOSÉ ARNALDO LISBOA

Um homem com “H” maiúsculo não aceita ser chamado de covarde, principalmente se ele for de formação sertaneja, daqueles matutos que não gostam de conversinha fiada, “no pé do ouvido”.  Nós alagoanos de Mata Grande somos assim. Alguns foram educados em colégios, possuem formação cristã e índole pacifica, mas não toleramos insultos, injustiças e humilhações. Nós sertanejos somos assim e as escolas não são capazes de mudar o nosso caráter, o nosso temperamento ou o nosso comportamento social. Eu gosto do sertão e do povo sertanejo e não gosto de mentiras, de trambiques e de ser acusado de coisas que não cometi. Para um homem de vergonha, que não vive se envolvendo em escândalos ou em safadezas, ser injustiçado é o fim da picada. Ficamos brabos e perdemos a compostura. 

Por que estou dizendo tudo isso? Estou dizendo isso porque, o Sr. Luiz Inácio Lula da Silva, há meses, disse que os senhores ministros do Supremo Tribunal Federal “se acovardaram” ao deixar que ele fosse obrigado a prestar depoimento perante a Polícia Federal. E o pior de tudo, é que os senhores ministros nada disseram, nada reclamaram e continuaram em silêncio, como se nada tivesse acontecido. Dentre todas as faltas de respeito já acontecidas, essa ultrapassou todos os limites de tolerância e de falta de respeito às autoridades constituídas. Foi uma “suprema” falta de respeito aos maiores da Justiça brasileira. Eu não sei se a Justiça brasileira, ou qualquer outra Justiça, teria como punir uma pessoa que chama de “covarde” um ministro ou todos os ministros de uma Suprema Corte. Vamos ver em que vai dar essa zombaria do Sr. Lula. Tomara que os senhores ministros demonstrem que não são tão “covardes” assim, como disse o ex-presidente.    

Com o acontecido, nada mais falta acontecer em termos de desmoralização das nossas instituições. O Sr. Lula já está enfrentando processos, tendo os senhores ministros como julgadores, os mesmos que foram chamados por ele de “covardes”. A essa altura, eu estou curioso para saber como essa Corte vai se comportar diante de tamanho insulto. O Sr. Lula sempre foi ousado e falastrão, porém, dessa vez, passou dos limites, em frontal desrespeito ao Supremo Tribunal Federal. Agora, vamos esperar os futuros acontecimentos, para sabermos se, realmente, o Lula tinha razão, quando disse que os nossos ministros se “acovardaram”. Vamos ver se eles se comportarão como “covardes” ou se darão uma lição de vergonha ao Sr. Lula. Se os julgadores do Sr. Lula fossem matagrandenses, nós saberíamos como julgar quem nos chamasse de “covardes”.  

Em tempo - O bacharel Dr. Benigno Portela é meu amigo e leitor dos meus escritos semanais. Para ele, os meus agradecimentos pelo incentivo.  


Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia