Acompanhe nas redes sociais:

20 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 923 / 2017

29/05/2017 - 10:01:14

Interiorização do desenvolvimento econômico garante emprego e renda

Multinacional Pepsico, instalada na Zona da Mata alagoana, emprega 160 pessoas e conta com incentivos do Governo do Estado

Texto de Andressa Alves
Pepsico em União dos Palmares teve incentivos renovados

Interiorizar e crescer. Com estas premissas, o Governo do Estado tem estimulado, cada vez mais, a presença de indústrias e empresas no interior de Alagoas. Um bom exemplo é a multinacional Pepsico, fábrica de laticínio que tem uma filial instalada em União dos Palmares, na Zona da Mata alagoana, e emprega 160 pessoas.

No mês de abril, durante a 6ª edição do Governo Presente, a fábrica recebeu a renovação do incentivo previsto no Programa de Desenvolvimento Integrado do Governo de Alagoas (Prodesin).

Com a desoneração mais competitiva do Nordeste, o Prodesin tem garantido a manutenção de indústrias em todo o Estado ao reduzir em 92% o pagamento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) na saída dos produtos industrializados, além de conceder o diferimento do ICMS sobre os bens destinados ao ativo fixo, sobre a matéria-prima utilizada na fabricação de produtos e na aquisição interna de energia elétrica e gás natural.

Nessa perspectiva, a permanência das indústrias em Alagoas impacta diretamente a vida da população, garantindo, no período de crise, emprego e renda para centenas de alagoanos. É o caso de Hélio da Silva, atual técnico em Segurança do Trabalho na indústria Pepsico que iniciou suas atividades na empresa ainda como servente de pedreiro.

Filho de agricultores e residente em União do Palmares, Hélio viu suas expectativas profissionais evoluírem como consequência do avanço da empresa no mercado.

“À medida que a empresa cresce, as pessoas que a constroem também ganham novas oportunidades, além de aumentar o quadro de funcionários e gerar emprego e renda. Esse foi meu primeiro trabalho e eu comecei como servente de pedreiro. Hoje, sou contratado como técnico em Segurança do Trabalho e daqui tiro o meu sustento, dou uma educação de qualidade para minha filha e continuo estudando, para que meu futuro seja ainda melhor”, conta Hélio Silva.

Além das empresas que já atuam no mercado alagoano, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) realiza um trabalho de prospecção de novas indústrias e empreendimentos, garantindo segurança jurídica e celeridade aos processos, o que vem tornando o Estado o melhor lugar para se investir no Nordeste. Em 2017, 10 indústrias incentivadas pelo Prodesin deverão ser inauguradas ou ampliadas.

“O trabalho do Governo do Estado tem um caráter tanto econômico quanto social, modificando a vida de centenas de alagoanos através da oportunidade de emprego pela atração de novas indústrias e, mais que isso, fortalecendo aquelas que já estão instaladas no Estado”, ressaltou o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Helder Lima.

Pepsico

Além da unidade fabril na Zona da Mata, a Pepsico possui duas filiais atacadistas dentro de Alagoas, que também abastecem clientes nos mais diversos Estados brasileiros. O Centro de Distribuição de Alagoas é, por exemplo, responsável por boa parte da estratégia de atendimento da empresa à Região Nordeste e serve como um “hub” para a distribuição dos produtos das linhas Toddy, Toddynho, Quaker, Kero Coco e outros produtos do portfólio da multinacional.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia