Acompanhe nas redes sociais:

18 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 923 / 2017

29/05/2017 - 09:59:43

A arte de Alceu Valença, Elba Ramalho e Geraldo Azevedo em Maceió

Aos 70 anos, o pernambucano Alceu Valença brilha nos palcos levando o melhor da - eternizada - música nordestina

Ana Clara Mendes Especial para o EXTRA

Ele nasceu nos limites do agreste com o sertão: São Bento do Una, interior de Pernambuco. Aos 70 anos de idade, Alceu Valença ainda percorre o Brasil com o também pernambucano Geraldo Azevedo e com a paraibana Elba Ramalho, os três amigos nordestinos tomam conta dos palcos em um Grande Encontro.

Alceu Paiva Valença possui uma longa discografia preenchidas com diversos sucessos. Para o espetáculo, “La Belle de Jour”, “Morena Tropicana” e “Anunciação” são uma das músicas mais esperadas pelo público, além de “Coração Bobo”, música que fez sucesso nas rádios de todo o país no ano em que o LP com o mesmo nome foi lançado. O hit foi o responsável por revelar o nome de Alceu Valença para o grande público, e o levando a se apresentar em vários estados brasileiros.

Em 2014, seu álbum “Amigo da Arte” foi indicado ao Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Regional ou de Raizes Brasileiras, e em 2015, ganhou o 26º Prêmio da Música Brasileira na categoria Melhor Cantor Regional.

Assim como ele, seu sucesso é incansável. Com uma média de 9 shows por mês, há quase 50 anos Alceu transforma a cultura do agreste e do sertão no melhor que a música nordestina tem a oferecer. Ao lado de Elba e Geraldo, Alceu desembarca em Maceió dia 16 de junho para uma apresentação que promete ser especial. O evento será realizado no Ginásio do Sesi e tem início previsto para às 20 horas. 

O show celebra os 20 anos do projeto O Grande Encontro e foi lançado em dezembro de 2016 nos formatos de CD simples, de DVD e de combo triplo que junta DVD e CD duplo.

A junção da cantora Elba, e os cantores e compositores Geraldo e Alceu marcam essa verdadeira reunião de amigos como uma maneira de manter a tradição de suas raízes culturais. Com o sotaque e as canções que fazem parte da história musical do brasil, transformaram sua arte em uma maneira de combater o preconceito contra o povo nordestino. 

Mesclando um repertório de clássicos da MPB, música nordestina e sucessos dos três artistas, será a junção de tudo que houve de melhor das três edições anteriores, em uma noite de encontro entre amigos estendida ao público.

Os ingressos podem ser adquiridos no Acesso Vip (Unicompra e Parque Shopping Maceió), Viva Alagoas (Maceió Shopping) ou através do aplicativo Farra Chique, disponível para iOS e Android. Os valores variam, sendo individual inteira R$ 84, mesa prata R$ 608 e mesa ouro R$ 808 para quatro pessoas.


Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia