Acompanhe nas redes sociais:

22 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 923 / 2017

29/05/2017 - 09:48:35

ABC do Interior

Roberto Baia

O clima é tenso

Não é nada saudável o clima entre poderes Executivo e Legislativo de Arapiraca. Em meio à falta de diálogo e troca de farpas entre assessores diretos do prefeito e vereadores, alguns blogueiros têm colocado ainda mais lenha na fogueira. Um deles, que está sendo acusado de ter sido contratado a peso de ouro pela Prefeitura, fez uma postagem onde afirma que “vereadores imploram para que Teófilo não divulgue os nomes dos servidores fantasmas”. Ou seja: vereadores estariam pedindo pelo amor de Deus para Teófilo não divulgar os nomes dos servidores que não trabalham e que foram indicados por eles.

Mais polêmica

De imediato, houve repúdio dos vereadores que durante a sessão especial realizada no auditório da CDL, na noite de quarta-feira, 24, usaram a tribuna da Casa para criticar a notícia, que alegam ser inverídica e que teria sido postada com a finalidade de denegrir a imagem da Câmara de Vereadores.

Voto de repúdio

Na parte das explicações pessoais dos vereadores, o primeiro a falar foi o Pastor Marcos Caetano, que iniciou dando um voto de repúdio às críticas que estão sendo feitas aos vereadores por parte da imprensa, principalmente por pessoas que ele classificou de “incapacitadas intelectualmente”, que usam a mídia para tentar denegrir a imagem de homens e mulheres de bem.

Campanha                      difamatória

O vereador Moisés Machado também foi outro a lamentar o problema. Ele lembrou que em toda a história do Poder Legislativo de Arapiraca, ninguém nunca viu uma campanha difamatória como está ocorrendo.

Machado lamentou que neste contexto haja servidores da Prefeitura, usando as redes sociais para denegrir a imagem de uma instituição como a Câmara Municipal.

“Fantasminhas”

Ainda em seu pronunciamento, Moisés Machado indagou por que um vereador não pode ter um cargo comissionado, se em todas as esferas isso acontece. Segundo ele, um vereador parceiro da administração não pode, mas um vereador de Pão de Açúcar pode.

“Não posso entender certas coisas. Por exemplo: um vereador de Arapiraca não pode ter um cargo comissionado e um vice-prefeito de outra cidade pode. É importante registrar que a Prefeitura está mapeada com cargos de ‘fantasminhas’ e é bom o próprio prefeito Rogério Teófilo, dizer quem são os ‘fantasmas’”, alfinetou o vereador.

Filho de              advogado

O vereador Fabiano Leão disse, na sessão da Câmara, que durante toda esta semana foi de críticas e mais críticas contra os vereadores, principalmente nas redes sociais e feitas por pessoas que não têm a menor responsabilidade com a verdade.

Fabiano Leão denunciou que existe um “fantasminha” na administração municipal, filho de um advogado, que mora em Maceió e recebe um salário de R$ 11.800, 00 sem pisar um só dia em Arapiraca, além do próprio filho do prefeito Rogério Teófilo, que também é “fantasminha”.

Indignada

Professora Graça, presidente do Poder Legislativo, se mostrou indignada com as críticas. “Não se atira pedra em árvores que não dão frutos. Os 17 vereadores estão incomodando alguém. O Legislativo vem realizando um trabalho sério em benefício da sociedade, que precisa vir às sessões para acompanhar de perto o trabalho de cada parlamentar e fazer sua avaliação”, concluiu.

Campo Grande

O prefeito de Campo Grande, Arnaldo Higino, perdeu o equilíbrio e partiu para cima de um grupo de manifestantes ligados à educação municipal que protestavam contra a falta de pagamento do salário de dezembro, o 13º salário, um terço de férias e a comprovação do extrato das contas do município, que foi prometido pelo gestor como justificativa do atraso nos pagamentos.

Sem aumento

Segundo o professor do ensino fundamental e presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Ivan Ponciano, o prefeito alegou que os manifestantes estavam mentindo e o que o município não deve nada.

“Miguel Higino sumiu com R$ 480 mil da repatriação, segundo informou próprio prefeito para assegurar que não pode pagar o aumento de 7,64% nem essa ano e muito menos no próximo”, afirmou o presidente do Sindicamp.

“É uma situação complicada, mas os professores e funcionários de outros setores estão unidos nessa luta”, afirmou. 

Espólio de Adelmo

O falecimento de Adelmo Pereira deixou uma acirrada disputa pelo espólio. De acordo com uma fonte, há herdeiros novos aparecendo e cobiçando uma das maiores fortunas de Arapiraca. Consta que os filhos do casamento criaram, antes da morte do milionário, uma empresa para proteger o patrimônio dos outros herdeiros. 

Pelo jeito, a disputa parece que vai ser boa.

Nealdo está certo

Do jornalista Carlos Nealdo, na sua página do Facebook:

“Rico viaja para a Europa como se estivesse viajando para Arapiraca. Pobre viaja para Arapiraca como se estivesse viajando para a Europa”.

PELO INTERIOR

... Com a promotora de Justiça Martha Bueno na acusação, o Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE/AL) conseguiu, na terça-feira (23), a condenação do réu Marcelo Augusto dos Santos pelo assassinato do comerciante Welmenson Alves Rodrigues, no município de Palestina, em 2014.

... Em virtude de cometer homicídio qualificado por não dar chance de defesa à vítima, Marcelo Augusto foi condenado à pena de 19 anos e 10 meses de reclusão a ser cumprido em regime fechado.

... Martha Bueno também lembrou na sua exposição que o réu Marcelo Augusto era reincidente no tipo penal. “Pesa contra ele uma condenação transitada em julgado por homicídio cometido no município de Arapiraca”, expôs a promotora de Justiça

... O segundo autor material do crime, Tiago Henrique Pinheiro da Silva, chegou a ser denunciado pelo Ministério Público Estadual, mas encontra-se foragido.

... No dia em que foi morto, Welmenson saiu da sua residência no início da tarde para vender queijo no povoado Vila Santo Antônio, em Palestina. Sem enxergar muito bem, ele bateu sua motocicleta na dos seus algozes, que, embriagados, haviam se acidentado na entrada do povoado pouco antes.

... Após vistoriar a estação de tratamento de água da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), responsável pelo abastecimento nas cidades de Junqueiro e São Sebastião, na terça-feira (23), a Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) do São Francisco constatou que os munícipes não recebem o produto devidamente tratado. 

... A preocupação é com a saúde da população, que acaba consumindo água contaminada e fica exposta aos vários tipos de doenças. 

... As irregularidades encontradas vão do total sucateamento do prédio da estação até um grande desperdício da água que deveria chegar às torneiras da comunidade.

... Durante os trabalhos, os técnicos que integram a equipe água e saneamento da FPI concluíram que o processo de tratamento realizado no local está em desconformidade com os protocolos estabelecidos para essa situação. 

... Durante os trabalhos realizados na sessão de quinta-feira na Câmara de Arapiraca, vários requerimentos foram discutidos e votados pelos vereadores.

... Dentre eles, a resposta do prefeito Rogério Teófilo (PSDB), ao enviar para Casa a lista com todos os nomes dos aprovados no Procedimento Seletivo Emergencial Temporário da Secretaria de Educação, da Prefeitura Municipal de Arapiraca, solicitado pelos vereadores.

... Em sua explicação, a Professora Graça disse que os 17 vereadores vão analisar todo o conteúdo e que, posteriormente, estará publicando o resultado desta avaliação.

... Também chegou a lista com todos os nomes dos secretários com suas respectivas portarias, solicitação feita anteriormente pelo vereador Edvanio do Zé Baixinho.

... A todos, um excelente final de semana!


Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia