Acompanhe nas redes sociais:

17 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 922 / 2017

22/05/2017 - 16:42:53

ABC do Interior

Roberto Baia

Desabafo de Adoniran

Após pedir férias sem vencimento do cargo comissionado que ocupava na Prefeitura Municipal de Arapiraca, o empresário Adoniran Guerra  viajou para a Europa. Como bom arapiraquense, Adoniran conversou pelo face com um amigo que desejou sorte em sua empreitada. “Por aqui (Arapiraca), ficamos com o troca-troca de seis por meia dúzia”, observou o interlocutor.

Sem papa na língua, uma de suas características marcantes, Guerra emendou: “E o pior, a meia dúzia ficando mais podre que os seis do passado... kkkk”.

Pelo jeito, a licença que Adoniran pediu ao prefeito Rogério Teófilo deve ter sido permanente. 

Absurdo

Leitor da coluna, o arapiraquense Williams de Oliveira nos enviou e-mail onde  fez um desabafo. Segundo ele, há dois meses aguarda uma ligação de água que solicitou à Casal. Sem paciência e revoltado com o descaso, ele procurou diversas vezes o órgão em Arapiraca que alega estar sem pessoal terceirizado para executar o serviço e não deu qualquer previsão.

Ao que parece, a Cab Águas do Agreste, a grande parceira da Casal, só serve mesmo para cobrar a conta de água dos consumidores.

Começo difícil

Não é nada saudável o clima no Centro Administrativo de Arapiraca.  Ao que parece não existe qualquer harmonia entre os próprios secretários que não se entendem a acabam brigando dentro e fora do gabinete do prefeito.  Alguns assessores do primeiro escalão já deixaram o governo, a exemplo do secretário Júlio Houly e Adoniran guerra. 

Pelo andar da carruagem, essa lista deve engrossar, o que não é nada bom para o prefeito Teófilo que está apenas entrando nos primeiros cinco meses de gestão.

Falta consideração

Moisés Machado, da tribuna do plenário, afirmou que em todo tempo que é vereador, essa foi a gestão que menos mandou projetos para a Câmara. “Aliás, até agora não mandou um sequer”, disse.

De acordo com o vereador, a falta de respeito se dá não só aos vereadores, “mas às pessoas que deram um voto de confiança ao atual prefeito. Até os requerimentos que a Câmara encaminhou para o executivo, não obtivemos respostas por parte da prefeitura”.

Falta consideração 2

“Se, nós vereadores, convidamos para prestar algum esclarecimento, algum gestor público e o mesmo não comparece, temos como obrigação, convocá-lo. Precisamos saber por que as obras estão paradas. Por que não reiniciaram, ainda. Isso é mais uma falta de respeito. Não somos oposição ao prefeito Rogério. Vamos votar o que for bom para Arapiraca, para os arapiraquenses. Mas os projetos têm que vir para Câmara e, até agora, nada”, complementou o vereador Moisés Machado.

E o Jerimum?

Na sessão de terça-feira, 16, os vereadores cobraram a reabertura do restaurante popular Jerimum, que está fechado há quatro meses. Segundo Moisés Machado, o restaurante, além de garantir alimento de boa qualidade a preços populares, é de grande importância para os trabalhadores. “Essa gestão precisa reabrir o Jerimum. Ele é de interesse público”, disse o vereador arapiraquense.

Girau do Ponciano

O Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE/AL), por meio da Promotoria de Justiça de Girau do Ponciano, ajuizou uma ação civil por ato de improbidade administrativa em desfavor do ex-prefeito do município, Fábio Rangel Nunes de Oliveira. O ex-gestor público é acusado de não prestar contas do exercício administrativo de 2015 e deixar de enviar os procedimentos que demonstrariam transparência fiscal de sua gestão nos anos de 2014 e 2016. No procedimento foi pedida a suspensão dos direitos políticos do ex-prefeito.

Investigações

As investigações do MPE/AL foram iniciadas após a instauração de procedimento investigativo pelos membros do Ministério Público de Contas de Alagoas (MPC/AL), que receberam denúncias de um vereador de Girau do Ponciano informando o não envio de balancetes e relatórios para a Câmara Municipal.

Não prestou contas

“A denúncia noticiou a possível omissão na obrigação constitucional de prestar contas e remeter balancetes e relatórios periódicos. O denunciante informou que o poder Legislativo do município havia recebido apenas os balancetes do ano de 2013, não havendo a recepção de quaisquer outros documentos contábeis referentes ao período 2014 a 2015. Além dos relatórios exigidos pela lei de responsabilidade fiscal, estariam pendentes as prestações de contas anuais devidas”, explica o promotor de Justiça Kleber Valadares, autor da ação.

Saúde em risco

O aumento no número de casos de diarreia em Palmeira está deixando a população preocupada. Na última quarta-feira (17), a Prefeitura realizou, em parceria com a Casal e Defesa Civil, um mutirão para diminuir os casos de diarreia e eliminação química e biológica de criadouros do Aedes aegypti no município.

Saúde em risco 2

Os números de casos de diarreia até agora já totalizam 2.362 . A partir da 14ª semana epidemiológica o número começou a aumentar. Nesta última semana 200 novos casos foram registrados.

Absolvida

Inocentada pelo Tribunal do Júri, a ex-prefeita Ângela Garrote desabafou: “Durante quase duas décadas fui acusada injustamente por um crime que não cometi. Sentei no banco dos réus, mas de cabeça erguida e com a consciência tranquila, fui inocentada de todas as acusações a mim atribuídas. A verdade apareceu, e junto com ela a Justiça prevaleceu”.

PELO INTERIOR

... Traipu viveu na terça-feira, 16, um dia festivo. O feriado local foi para comemorar os 125 anos de Emancipação Política, desde quando conquistou a independência da Vila de Penedo. A festividade  começou no início da manhã com a Alvorada Festiva: foram 125 tiros para celebrar a data.

...  “Me acordei com eles. Orgulho de ser de Traipu”, disse a comerciante Maria Inês da Silva.

... Em seguida foi a vez do hasteamento das bandeiras. O prefeito Eduardo Tavares, em seu discurso, ressaltou a importância de se conquistar a independência econômica, além de manter, sempre, a transparência com o dinheiro público.

... “Mais que a independência administrativa, a verdadeira Emancipação Política vai ocorrer quando Traipu encontrar sua emancipação econômica, sua emancipação pessoal, quando as pessoas souberem o que é cidadania, quando as pessoas compreenderam que, acima do bem pessoal, está o bem coletivo. Nós todos temos feito o possível para melhorar nossa terra”, afirmou.

... Um dos presentes à solenidade foi o deputado estadual Gilvan Barros Filho, que é conterrâneo de Girau do Ponciano – município que fica vizinho a Traipu. 

... “Vim prestigiar o município e o meu amigo Eduardo Tavares, pois tenho certeza que, daqui por diante, só haverá progresso nesta terra”, declarou.

... À tarde, houve desfile cívico pelas principais ruas da cidade. A Guarda Municipal abriu a solenidade, que também teve a participação de bandas fanfarras vindas de municípios vizinhos, além de diversas bandas e orquestras de Traipu, conhecida internacionalmente como a Cidade dos Músicos.

 ... O escritor Luiz B. Torres tinha um pupilo em Palmeira dos Índios, que debatia a cultura local cotidianamente. O empresário Rinaldo Prado além de ter sido amigo, chegou a ser editor do jornal de propriedade do escritor.

... Brincalhão, mas extremamente culto, Rinaldo Prado chegou a ler quase todos os livros de Graciliano Ramos para escrever o roteiro de um filme que estaria produzindo. “Já enveredei pelos caminhos do jornalismo”, disse à coluna.

Aos nossos leitores, desejamos um excelente final de semana, repleto de paz, saúde e harmonia. Até a próxima edição!

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia