Acompanhe nas redes sociais:

13 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 921 / 2017

16/05/2017 - 06:56:22

Meio Ambiente

Bruno Fernandes

Lixões 

O governo do Estado entregou à Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) Planos Intermunicipais de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PIGIRS), que têm como objetivo acabar com os lixões. O encontro com os órgãos municipais e estaduais aconteceu na segunda-feira, 8, na sede da AMA, em Maceió. Os municípios devem implantar a coleta seletiva, a erradicação dos lixões, a recuperação das áreas degradadas, o incentivo à reciclagem, a gestão responsável dos resíduos sólidos, entre outros itens essenciais para a conservação e proteção ambiental.

Licenças 

O Ministério Público Federal em Alagoas (MPF/AL) recomendou na terça-feira, 9, que o Instituto do Meio Ambiente (IMA) reavalie a concessão de licença ambiental ao empreendimento imobiliário Vila dos Pescadores, localizado na Praia do Marceneiro, município de Passo de Camaragibe (AL). O MPF pediu ainda que o IMA verifique a relação de outros empreendimentos similares na região que abrange Passo de Camaragibe e São Miguel dos Milagres, reavaliando o processo e a própria concessão de licenças ambientais. A recomendação também é destinada aos responsáveis pelo empreendimento Vila dos Pescadores e pela construtora Marroquim Engenharia, que devem se abster de iniciar qualquer construção no local até que o IMA/AL promova a reavaliação técnica necessária na licença ambiental expedida, sob pena de serem adotadas as medidas judiciais cabíveis.

Coral-sol 

A Equipe do Gerenciamento Costeiro do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA/AL) instalou placas de recrutamento na região portuária de Maceió na quinta-feira, 11. As placas de metal funcionarão como substratos para a fixação de organismos betônicos, geralmente encontrados no leito oceânico. O equipamento funcionará como um atrator desses organismos. O objetivo maior é identificar se na área existe a presença de pólipos do coral-sol, uma espécie bioinvasora que tem ocorrência registrada na região oceânica brasileira.

Venda ilegal 

Imagens divulgadas em redes sociais denunciaram na segunda-feira, 8, um perfil no Facebook oferecendo tartarugas em um mercado online. O vendedor não informou o valor, colocou apenas como localização a cidade de Teotônio Viela, no Agreste de Alagoas. O que chama a atenção é que há muitos comentários na postagem de pessoas interessadas em adquirir o animal, sem saber que se trata de crime ambiental. De acordo com informações do tenente Rosivan, do Batalhão de Policiamento Ambiental (BPA), casos como este são comuns em Alagoas. No entanto, o flagrante da comercialização não é frequente.

Praia desaparecida  

Uma praia que havia desaparecido há mais de 30 anos ressurgiu recentemente de maneira quase milagrosa. A praia de Dooagh, na ilha Achill, oeste da Irlanda, sumiu do mapa em 1984, após grandes tempestades que atingiram a região. Sobraram apenas formações rochosas. Em abril deste ano, contudo, centenas de milhares de toneladas de areia foram arrastadas de volta à costa durante uma maré de proporções impressionantes que fez a praia ressurgir tal qual em seus momentos de glória.

Penedo  

Técnicos da Gerência de Qualidade do Produto (Geqpro),da Companhia de Saneamento de Alagoas – Casal, analisaram uma amostra da água captada em Penedo e, assim como já declarado pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), concluíram que ela está dentro dos padrões exigidos pelo Ministério da Saúde para o consumo humano. A análise do órgão mostra que mesmo após a infestação dos vermes aquáticos que apareceram no Rio São Francisco, exatamente na região onde ocorre a captação para abastecimento da cidade de Penedo, a qualidade da água permanece dentro da normalidade.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia