Acompanhe nas redes sociais:

21 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 917 / 2017

17/04/2017 - 09:59:21

Jesus e os bons ladrões de paletó e gravata

JOSÉ ARNALDO LISBOA

Aos domingos, no nosso bate-papo na Barraca Pedra Virada, na Ponta Verde, sempre saem assuntos variados, mas nos últimos meses, os assuntos têm sido referentes aos escândalos da Lava Jato. Como sempre acontece, as opiniões são várias, mas nenhuma pessoa é capaz de defender os ladrões que se beneficiaram do dinheiro público, quando roubando a Petrobras, o dinheiro das obras das Olimpíadas, do Maracanã, dos VLTs, dos metrôs e de outras obras públicas. Agora, nesta Semana Santa, começaram a aparecer as primeiras evidências das roubalheiras envolvendo o ex-Presidente Lula, a Sra. Dilma, os ministros, governadores, senadores, deputados federais e outros envolvidos. Parece até que no Brasil todo mundo é ladrão!!! Ora, toda cúpula do nosso país estava roubando, descaradamente! Ninguém imaginava quantos ladrões estavam “mamando” nas tetas do Brasil, pois a Polícia Federal, os procuradores, os juízes e os ministros de Tribunais estavam caladinhos sem nos dizer o quanto eram os rombos acontecidos nas contas públicas. Em plena Semana Santa, os bons ladrões foram denunciados, chegando até a pensarmos que no Brasil todos roubam e roubam muito, não se conformando com os milhões de reais ou milhões de dólares. Já temos figurões presos, mas precisamos que as nossas penitenciárias ocupem todas as suas celas com o bons ladrões. 

Pois é, os acusados por roubos já estão sendo conhecidos e os “coitadinhos” dos prefeitos brasileiros agora acham que roubaram pouco diante dos ladrões que só queriam roubar milhões. Os crimes hediondos do roubo das merendas escolares das crianças agora se mostraram pequenos diante dos roubos dos grandolas da República brasileira. Pelo que estamos sabendo, os ministros, senadores, deputados federais e governadores é que ficaram com toda a bolada. Agora, em plena Semana Santa, estamos sabendo o quanto temos de ladrões, muitos com cara de inocente, outros achando que estam sendo inustiçados, outros que prestaram contas à Justiça Eleitoral e outros que dizem estar prestando todas as informações pedidas pela Justiça. São uns santinhos!

Está na hora de sabermos quem são os bons ladrões. O Brasil precisa mostrar que não somos como disse o De Gaulle, se referindo ao nosso país,como “um país que não é sério”. Está hora de acabarmos com a venda de sentenças e de votarmos pela prisão dos marginais políticos que só nos envergonham perante os demais povos do mundo. Os bons ladrões devem parar de roubar através das grandes empreiteiras. Claro que tudo está dependendo na nossa “vagarosa” Justiça.

Em tempo – Agradeço ao economista Braga Lyra pelas leituras dos meus artigos. Para ele e para todos vocês, uma excelente Semana Santa. 

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia