Acompanhe nas redes sociais:

21 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 916 / 2017

12/04/2017 - 10:05:00

Economia em Pauta

Sofia Sepreny da Costa

Declaração de IR

Os contribuintes obrigados a declarar Imposto de Renda em 2017 (ano-calendário 2016) devenm lembrar que o prazo vai até o dia 28 de abril e são esperadas cerca de 28,3 milhões de declarações. O desafio é separar documentos e ter atenção para enviar erros permanece neste ano. 

Consumo cai 1,38% em Maceió

Após dois meses de elevação, após começar o ano com crescimento motivado pelas liquidações de janeiro e as festividades de fevereiro, o indicador de consumo registrou queda, em março. É o que afirma a pesquisa de Intenção de Consumo das Famílias (ICF) de Maceió realizada pelo Instituto Fecomércio de Estudos, Pesquisas e Desenvolvimento de Alagoas, em parceria com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Apesar da redução, em relação ao mesmo período do ano passado, houve um aumento de 1,98%. Este fato sinaliza uma melhora econômica em um período de recessão.

Conta de luz

Apesar da boa notícia que o valor da conta de luz baixaria no mês de abril por conta de um reembolso realizado pela Aneel, até o fim do ano as contas de luz permanecerão mais caras. A previsão é que as contas continuem na bandeira vermelha por todo o ano. A bandeira vermelha se dará por conta de algumas ativações de usinas térmicas antes do tempo previsto, que geram energia mais cara que as hidrelétricas. As termelétricas que foram ligadas produzem energia a R$ 426,00 por megawatt-hora (MWh). A bandeira vermelha é acionada toda vez que esse custo supera R$ 422,00 por MWh. Há mais de um ano a bandeira vermelha não era acionada.

 Aumento nas compras de veículos

As vendas de veículos no Brasil, considerando-se apenas os carros e comerciais leves (picapes e furgões), cresceram 38,86% no mês de março em comparação com fevereiro. No mês passado foram emplacadas 183.850 unidades. O dado foi divulgado nesta semana pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Em relação a março do ano passado, houve crescimento de 6,11%

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia