Acompanhe nas redes sociais:

17 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 916 / 2017

12/04/2017 - 10:00:28

Fechem a ONU, que não serve pra nada!

JOSÉ ARNALDO LISBOA

No mundo, sempre aconteceram guerras, muitas delas demoradas e sempre com um número grande de mortos. Alguns generais ou comandantes sempre estiveram à frente das suas tropas, muitas vezes por ambição, para consguirem mais terras para seus impérios. Alexandre da Macedônia foi um dos que se destacaram como grandes conquistadores e, ainda jovem, chegou a dominar o maior império do mundo antigo. Outras grandes guerras já aconteceram, duas delas com muitos países envolvidos, como foi a 1ª Guerra Mundial, em 1914. Nessa época ainda não existiam armas modernas e sofisticadas, como existem hoje em dia.  Os canhões eram as armas mais poderosas e mais mortais. Veio a 2ª Guerra Mundial e crianças, velhos e soldados foram dizimados, deixando os campos de batalha, com mais de 6 milhões de mortos, ou seja, uma população seis vezes maior do que a de Maceió, com todos os seus bairros. Foram mortas muitas pessoas inocentes, devido a maluquice de Hitler e, só depois de anos de conflito, foi possível a paz, em 1945. 

Depois que tantos inocentes morreram, uns almofadinhas resolveram criar a ONU, com o pomposo nome de Organização das Nações Unidas. Isto aconteceu logo depois da guerra na qual foram vitoriosos os países que lutaram contra a Alemanha de Hitler, como os Estados Unidos, Inglaterra, França, União Soviética, Brasil, etc. Como sempre acontece, não faltaram foguetes, whisky, vinhos, discursos inflamados, hinos patrióticos, sorrisos, etc. A sede da ONU ficou sendo Nova Iorque e começaram as nomeações para os cargos importantíssimos. O prédio suntuoso começou a ser construído para abrigar as inúmeras delegações,  Começaram a chegar de todos os países os milhares de funcionários, todos com salários altíssimos, além das honras e prestígios. Começaram a aparecer missões daqui e dali, enquanto na África, a fome sempre esteve presente, com seus milhões de famintos. Enquanto isso, sempre aconteceram umas tais de resoluções para isto e para aquilo, mas sem as soluções práticas que seriam acabar com a fome do mundo. Em meio a tantos metrôs, edifícios, automóveis luxuosos e tantas pessoas elegantes, o que vemos são milhões de pessoas bem nutridas, caindo de fome por sobre crianças, velhos e doentes, todos com corpos cadavéricos sendo devorados por urubus. 

Isto é a nossa Organização das Nações Unidas, cansada de tantas viagens internacionais, em aviões supersônicos, sobrevoando regiões da África onde crianças, velhos e doentes são vítimas da fome. Por sua vez, as guerras continuam, principalmente na Síria, matando milhões de cidadões, bem perto dos paises que compõem a ONU. É uma falta de vergonha!  Para que serve a ONU? Deveriam fechar aquele suntuoso edifício, que de nada serve, a não ser para abrigar famintos e armas para a guerra. Fechem a ONU e levem seus diplomatas para casa, pois eles só gostam de viagens internacionais e mordomias infinitas. Fechem para o bem de todo mundo, pois não suportamos mais tanta fome e tanta miséria. Diante de tanta fome e de tantas guerras, a ONU é uma vergonha mundial!  

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia