Acompanhe nas redes sociais:

19 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 913 / 2017

20/03/2017 - 18:35:55

Deputado quer ter acesso à auditoria na Assembleia

Rodrigo Cunha diz ser inconcebível que trabalho pago com dinheiro público seja guardado a SETE chaves

POR LUANA LAMENHA
Rodrigo Cunha cobra transparência na Assembleia, em especial, depois de auditoria

O deputado Rodrigo Cunha entrou com um requerimento da Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE) para ter acesso ao resultado da auditoria feita pela Fundação Getúlio Vagas (FGV), que detectou irregularidades na folha de pessoal da Casa.

Apesar de o resultado ter saído apenas este ano, o prazo para entrega do documento foi 2016, e até o momento nada foi divulgado. Em entrevista aos veículos de comunicação do estado, o presidente da Casa, Luiz Dantas, declarou que, se fosse seguir o que determina o estudo da FGV, a Assembleia não contaria com mais nenhum funcionário.

Para Rodrigo Cunha, é preciso que todos tenham acesso ao resultado da consultoria e, caso existam irregularidades de fato, que elas sejam sanadas. “Minha luta aqui na Assembleia é pela transparência e pelo acesso à informação. É inconcebível que, um trabalho pago com dinheiro público, seja guardado a sete chaves. Se tem algo de errado as pessoas precisam saber, e a Casa precisa consertar, por isso pedi acesso ao resultado da consultoria”, destacou.

Segundo o parlamentar, assim como é preciso cobrar de todos os poderes, a ALE também precisa prestar informações e ser transparente com a população. “Tive conhecimento de que o Ministério Público também solicitou o resultado da auditoria. É preciso ser claro com todos, principalmente com os cidadãos. Não estamos aqui para expor ninguém, e não é esse o objetivo do estudo, mas sim, resolver os problemas da folha e dar maior respeito ao dinheiro público”, disse.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia